Cristã nigeriana é estuprada e morta enquanto estudava em igreja

Cristã nigeriana é estuprada e morta enquanto estudava em igreja
A morte de Uwaila Omozuwa, de 22 anos de idade, chocou a Nigéria

Uma estudante cristã nigeriana foi estuprada e assassinada enquanto estudava em uma igreja no sul da Nigéria. Segundo a polícia, o corpo da menina foi encontrado em uma poça de sangue na própria igreja.

Vera Uwaila Omozuwa, tinha apenas 22 anos, e era estudante universitária. microbiologia. O crime aconteceu na cidade de Benin, que fica na região Sul da Nigéria. De acordo com a família, ela tinha ido até lá para estudar. Isso porque, a igreja era considerada um dos locais mais calmos para a prática.

O assassinato aconteceu ainda no último dia 30 de maio. Mas os resultados iniciais da investigação só começaram a ser divulgados agora. A igreja que serviu de cenário para o crime bárbaro foi a Igreja Cristã Redentora de Deus, conhecida no país como RCCG. Essa informação foi confirmada pela rede norte-americana CNN.

Uwa foi encontrada ainda viva por um segurança da igreja. Ela foi levada ao hospital, mas os ferimentos graves impediram qualquer tipo de recuperação. A estudante veio à óbito ainda na noite do sábado (30), em um hospital da região.

Assassinato na igreja

Os traços desse crime foram muito sentidos na Nigéria. Isso porque estamos falando aqui de um país muito religioso. Ou seja, um estupro seguido de um assassinato dentro de uma igreja parece um roteiro de filme de terror que ninguém queria ter vivido na vida real.

Um dos párocos da igreja disse que ainda está em choque. “Todos nós estamos devastados com a morte dela. Ela decidiu fazer alguns estudos particulares durante o bloqueio (por causa do coronavírus) porque a igreja estava em paz. Ela sempre pegava a chave do pastor e devolvia quando terminava de estudar”, disse o pároco.

Grupos de defesa dos direitos humanos têm feito uma enorme pressão para que a polícia consiga resolver o caso. Na internet, a hastag #JusticeforUwa segue sendo tendência na Nigéria.