Pastor é atacado e espancado por oficial do governo chinês

O pastor Yang Hua, foi espancado por oficial do governo em Guizhou na China

Pastor é atacado e espancado por oficial do governo chinês
Pastor Yang Hua. Foto – Divulgação

O pastor Yang Hua, da Igreja Living Stone, foi atacado e espancado por um funcionário do governo chinês em uma delegacia de polícia na província de Guizhou. O ataque ocorreu na frente de três outras autoridades locais em 23 de maio.

De acordo com a Christian Solidarity Worldwide (CSW), o perpetrador do ataque estava à paisana, mas alegou que representava o Comitê de Assuntos Políticos e Jurídicos em nível distrital, do governo chinês.

Ainda segundo à (CSW), o pastor Yang Hua estava planejando visitar amigos cristãos em Qingdao no dia seguinte, 24 de maio, e acredita-se que o oficial estava tentando impedi-lo de fazer a visita.

Publicidade

Yang foi levado ao hospital após o ataque com arranhões na orelha e no pescoço e sintomas de zumbido. O ataque também desencadeou uma suspeita de surto de pancreatite, uma condição pré-existente, de acordo com pessoas a par da situação. Yang passará por mais exames médicos nos próximos dias.

Yang Hua foi libertado em junho de 2019 depois de cumprir uma sentença de dois anos e meio por “divulgar segredos de estado”, em uma repressão aos líderes e membros da Igreja Living Stone. O outro pastor da igreja, Su Tianfu, foi sentenciado em maio de 2018 a um ano de prisão, com suspensão de dois anos, e mais seis meses de prisão domiciliar.

Após sua libertação, a CSW relatou que o pastor Yang precisava urgentemente de cuidados médicos para vários problemas de saúde.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: