Missionária compartilha como Deus está se movendo em Moçambique

Deus está fazendo as coisas mais incrivelmente belas e está enxugando as lágrimas, disse a missionária

Missionária Heidi Baker enfrenta terroristas em Moçambique
Missionária Heidi Baker enfrenta terroristas em Moçambique para espalhar o Evangelho. Foto – Divulgação

A missionária Heidi Baker, que mora em Moçambique um dos países mais pobres e perigosos do mundo, compartilha como Deus está se movendo em meio a ataques do (ISIS), o grupo extremista que ocupou as manchetes nos últimos anos

Desde 2017, militantes ligados ao ISIS mataram mais de 2.600 pessoas e deslocaram mais 700.000 na sua invasão para estabelecer um califado islâmico na província de Cabo Delgado, em Moçambique.

Seguindo os passos e crueldades do “Estado Estado Islâmico” (ISIS), o Al Shabab, que é um grupo terrorista militante, é responsável por dezenas de ataques terroristas contra as igrejas cristãs na região.

Publicidade

De acordo com o Departamento de Estado dos EUA , em 24 de março de 2021, o Al Shabab lançou um dos mais sangrentos ataques terroristas islâmicos no sul da África, invadindo a cidade de Palma, ao norte da casa de Baker, fazendo com que muitos fugissem para salvar suas vidas.

De acordo com Faithwire, dezenas de civis, incluindo 12 estrangeiros, foram mortos. Alegadamente, alguns foram até decapitados nas praias de Palma.

Baker, que dirige a organização humanitária cristã Iris Global, vive em Moçambique há mais de 25 anos, experimentando em primeira mão a carnificina e o sofrimento. No entanto, ela afirma que o Senhor está trabalhando fortemente em todo o país.

“Estou dizendo a você no meio da tragédia, Deus está fazendo as coisas mais incrivelmente belas e está enxugando as lágrimas”, disse ela.

“Igrejas foram queimadas, e qualquer um que não esteja de acordo com os terroristas, seja qual for a fé que eles tenham, suas casas estão sendo queimadas também, suas plantações estão sendo queimadas”, disse Baker.

Nina Diadara, outra moradora de Palma, confirmou o que Baker disse. Em um comunicado obtido pela Faithwire após ela escapar de um ataque terrorista, Diadara disse: “Eles estavam nos matando, estavam queimando casas e levando nossos filhos”.

Mas Baker só quer continuar pregando o evangelho, mesmo em meio ao grupo terrorista militante. “Al Shabab, eles são assustadores. Não vou ser falsa, não quero ser picado, não quero ser sequestrado, quero continuar a pregar este evangelho glorioso por muitos mais décadas.”

“Se você é um crente em Jesus, você é um dos primeiros que está certo na lista.”, Concluiu, à missionária, Baker.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: