Mulher judia é curada de câncer após ter visão com Jesus

Sete anos depois, Shiri está livre do câncer. Um milagre estou curada!, ela declara

A judia Shiri Joshua, foi curada de câncer após ter visão com Jesus
A judia Shiri Joshua, foi curada de câncer após ter visão com Jesus. Foto – Divulgação

Depois que Shiri Joshua, descobriu que ela tinha uma forma rara de câncer de mama já no estágio 3, enfrentou uma escolha difícil. Ela começaria a quimio ou faria uma mastectomia na próxima semana..

Judia nascida em Israel, ela se mudou para Toronto aos 19 anos, mas sua família continuava a falar hebraico em casa. Shiri, sempre teve curiosidade sobre a espiritualidade. Devido à sua educação judaica, ela pensava que só poderia ser ortodoxa ou uma judia secular.

Mas depois que ela se mudou para o Canadá, ela foi enfeitiçada pelo movimento da Nova Era. “Eu realmente não sentia que minha educação tradicional judaica iria satisfazer o que eu queria”, diz ela. “Eu sabia que Deus existia, mas não o conhecia”.

Publicidade

Dois anos antes de seu diagnóstico, Shiri teve uma visão de Jesus. Ela tinha ouvido falar do Senhor, mas sentiu que precisava evitar Jesus por causa de sua origem judaica. Mas, em sua busca por espiritualidade, um dia, ela perguntou a Deus se Jesus era real.

“Eu não estava dormindo no meu quarto, mas eu o vi. Tive uma visão de olhos abertos do Jesus judeu. Ele me parecia muito judeu. Deus, em sua maneira brilhante de fazer as coisas, apareceu para mim de uma forma serena”. Lembra, Shiri.

“Jesus apareceu para mim com um talit, um xale de oração. Venha para mim. Seus olhos eram apenas amor. Conta, Shiri. Deve ter sido uma fração de segundo, mas parecia uma eternidade.”

Então, na clínica de câncer em British Columbia, depois que o médico saiu da sala, ela caiu de joelhos e orou a Jesus. “Senhor, estou cansada de lutar contigo. Se eu morrer, morro, mas quero ir até Você, mas se me deixar viver, eu viverei para você.” Disse ela.

Ela deu sua vida a Yeshua / Jesus, o Messias judeu, e nasceu de novo. “Uma onda de paz veio sobre mim. Eu o queria tanto, mas tinha tanto medo porque era judia”.

Sem demora, ela foi submetida à mastectomia e começou a quimioterapia. Ela voltou para Toronto para ficar com sua família. Um amigo trouxe um pastor para visitá-la e ela recebeu Jesus em seu coração. Seis rodadas de quimioterapia duraram seis meses.

Após terminar as sessões de quimio, ela foi morar com os pais e manteve sua fé secreta por um tempo. “Eu não queria ofender meus pais com minha nova fé, mas tudo que eu tinha era Yeshua”, diz ela.

Ela começou a frequentar uma congregação messiânica. Por fim, seus pais descobriram e aceitaram sua decisão de receber Yeshua.

Para todos aqueles que lutam contra o câncer, ela diz: “Pegue uma Escritura e fique firme nela”.

Uma de suas favoritas é “Não morrerei, mas viverei e declararei as obras do Senhor”. (Salmo 118: 17)

Outro favorito é Isaías 43: 7, “Todo aquele que é chamado pelo meu nome, que criei para a minha glória; Eu o formei, sim, eu o fiz. ”

Sete anos depois, Shiri está livre do câncer. “Um milagre! Estou curada!” ela declara.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: