Cristãos de Mianmar buscam refúgio na Tailândia após o golpe militar

Os cristãos Karen, enfrentam perseguição constante dos militares birmaneses

Cristãos tailandeses fornecem ajuda a refugiados que fogem de Mianmar
Cristãos tailandeses fornecem ajuda a refugiados que fogem de Mianmar. Foto – Divulgalçai

Enquanto a tomada militar de Mianmar se aproxima de três meses, os cristãos da vizinha Tailândia estão ajudando aqueles que fogem do conflito, incluindo os cristãos do grupo minoritário perseguido Karen.

De acordo com o Independent Catholic News, duas dioceses católicas tailandesas de Chiang Mai e Caritas Tailândia, trabalham juntas para fornecer ajuda para os cristãos que fugiram da violência após o golpe em andamento em Mianmar.

A maioria dos refugiados que entram na Tailândia vem do estado de Kayin, e são membros do grupo étnico Karen. Este grupo étnico tem uma população batista aproximadamente de 20%, que começou quando missionários americanos visitaram a região há quase 200 anos.

Publicidade

O povo Karen, e especificamente os cristãos Karen, enfrentou perseguição constante dos militares birmaneses, Tatmadaw, e de várias milícias regionais nos últimos 60 anos.

Nas semanas seguintes ao golpe de fevereiro, o Exército iniciou uma campanha de violência contra a resistência em todo o país. O ato específico que levou ao atual fluxo de refugiados Karen para a Tailândia foi uma série de ataques aéreos.

Em 27 de março, esses ataques aéreos supostamente mataram 3, feriram 7 e deslocaram mais de 10.000 pessoas. Aproximadamente 3.000 deles seguiram para o sul, para a vizinha Tailândia.

“Os refugiados estão em uma situação desesperadora”, disse a irmã Aranya Kitbunchu, presidente da Federação de Superiores Religiosas da Tailândia que lidera o esforço de socorro.

“Eles precisam de comida, água, remédios e outros serviços básicos para sobreviver nestes tempos difíceis.” Disse, Aranya.

Além de suprimentos básicos, os refugiados de Karen também precisam de boa vontade política. A Rede Europeia Karen afirma que o governo tailandês bloqueou a ajuda humanitária destinada aos refugiados e está tentando forçar o povo Karen a voltar para Mianmar.

Apesar do fato de que o Exército ainda está bombardeando a região. Isso seria uma violação do princípio internacional de não repulsão, que proíbe o envio de refugiados de volta a áreas onde enfrentam ameaças contínuas.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: