Milagres ajudam a superar a pandemia no sul da Ásia

Milagres ajudam a superar a pandemia no sul da Ásia
Missionários no Sul da Ásia. Foto – Divulgação

Missionários locais desacelerados pela pandemia da Covid-19 no Sul da Ásia, estão vendo a obra do Senhor continuar em milagres acontecendo em todas as regiões. O sul da Ásia tem tradições milenares de divindades.

Um missionário local em um país falou sobre a morte e ressurreição de Cristo a uma mulher que sofria de possessão demoníaca por sete anos, disse o líder de um ministério nativo. Os membros da família gastaram grandes somas de dinheiro tentando curá-la.

Quebrada e cansada de seu comportamento destrutivo, parentes a trouxeram para uma igreja missionária local, onde um serviço de jejum e oração estava em andamento, disse o líder do ministério.

Publicidade

“Minha esposa e eu fomos lá – quando ela olhou para nós, ela chorou. Oramos por ela.” Disse, o missionário

“Levou três horas para ela se libertar do demônio. No domingo seguinte, ela testificou que agora estava livre de todas as doenças do corpo e tinha muita paz no coração. A família dela está vindo para a nossa igreja, e todos os membros da família vivem uma vida cristã feliz.”

E agora outras famílias estão chegando; “ela agora é uma das melhores evangelistas que levam pessoas para a igreja.” Conta, o missionário.

Graça curadora

No início deste ano, um ministério estava realizando um culto de jejum e oração. O pastor local, então recebeu um telefonema de uma mulher implorando que ele fosse até sua casa e orasse por ela, dizendo que ela não era mais capaz de suportar sua depressão.

“Minha esposa e eu fomos lá – quando ela olhou para nós, ela chorou. Oramos por ela. De repente, ela caiu e rolou, e depois disso ela se tornou normal. Graças a Deus ela foi libertada de um espírito maligno.” Disse, o pastor.

A mulher disse que ela havia tentado suicídio duas vezes. “No dia seguinte, ela veio à nossa igreja”, disse o pastor. “Passamos 30 minutos em oração e compartilhamos o evangelho com ela.”

A mulher está cada vez mais próxima de colocar sua fé em Jesus Cristo. Entretanto, naquele mesmo mês, um casal trouxe sua filha para a igreja do ministério porque um espírito maligno a estava afligindo por seis meses, disse o pastor.

“Eles fizeram tudo o que podiam, mas nada deu certo”, disse ele. “Oramos por ela; graças a Deus que a libertou e a curou. Agora a família toda está vindo para a Igreja. Deus nos guiou de uma forma milagrosa durante o mês passado.”

O líder do ministério disse que a pandemia limitou as visitas, mas messmo assim as pessoas ouviriam a Palavra de Deus por meio de nossos crentes. “No ano passado, pudemos batizar 40 pessoas”. Explicou, o pastor.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: