Família agradece a Deus após filho sobreviver a ataque de tubarão

Menino de 9 anos sobrevive a grave ataque de tubarão na Flórida

Família agradece a Deus após filho sobreviver a ataque de tubarão
Jay Weiskopf conseguiu sobreviver ao ataque de tubrão, em Miami Beach, na Flórida. Foto – Divulgação

As férias de uma família em Miami Beach, na Flórida (EUA), se tornou um pesadelo depois que o filho de 9 anos, foi atacado por um tubarão. O tubarão tinha cerca de 1,2 metro de comprimento, a espécie não foi identificada.

O ataque foi tão grave, que o garato levou mais de 20 pontos no tronco, do ombro até o peito, e passou por uma cirurgia. Apesar do susto, a família expressou toda sua gratidão a Deus depois de reconhecer que o encontro de Jay com o tubarão poderia ter sido pior.

“Eu simplesmente o amo muito. Ele é um garoto tão legal e ainda estamos em choque, mas grato. Agradecemos a Deus por ele não ter tirado a vida, por ficar bem.” Disse Ren, pai do garato.

O incidente ocorreu no domingo em Miami Beach, Kristine e Jay ficaram na água apenas por alguns minutos quando o ataque aconteceu repentinamente. “Eu estava segurando a mão dele o tempo todo e ele estava surfando um pouco e tinha caído de bruços”, disse Kristine.

A mãe puxou o filho das ondas e percebeu que um pedaço da pele de Jay, estava faltando em seu ombro. “Ele apenas disse ‘ai’ e eu olhei para baixo e vi um tubarão cinza de um metro e meio nadando para longe, então eu o peguei e corri até a praia”, disse Kristine.

Logo funcionários do Miami Beach Fire Rescue, chegaram ao local e trataram Jay e mais tarde o menino foi levado para o Jackson Memorial Hospital, onde foi submetido a uma cirurgia para fechar o ferimento no ombro.

Embora esteja se recuperando, os Weiskopf disseram que os médicos estão preocupados com o potencial de infecções futuras, bem como com os efeitos de longo prazo que sua lesão pode ter em sua mobilidade. Mas como ele é muito jovem, os médicos acreditam que o prognóstico de Jay será bom.

“Ele só quer ir para casa e é muito triste porque planejamos muita diversão”, explicou sua mãe Kristine. Os Weiskopfs disseram que esperam que outros na área possam aprender com a experiência de Jay e que as ações apropriadas sejam tomadas.

“O que me pertuba agora é que a praia contunua aberta, e as crianças ainda estão brincando lá embaixo, e estão no mesmo local onde meu filho acabou de ser atacado”, disse Ren. “Não sei se é só por causa das férias de primavera, mas a praia deveria ser fechada.”

Este incidente é nada menos que um milagre para esta família. A proteção e misericórdia de Deus estão sobre Seu povo e, embora Jay tenha sofrido o ataque, Deus resgatou sua vida e o salvou da morte.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: