Cristãos na Etiópia servem aos necessitados, apesar da guerra civil

Os cristãos na região de Tigray, abrem suas casas para os refugiados e outras pessoas necessitadas oferecendo abrigo e os poucos alimentos.

Os cristãos etíopes dividem o pouco que tem com os necessitados.
Os cristãos na região do Tygray, dividem o pouco que tem com os necessitados. Foto – Divulgação

Apesar de viver uma guerra civil, os cristãos na região norte de Tigray, na Etiópia, servem de bom ânimo os milhares de necessitados deslocados pelo conflito. É um lugar perigoso agora; relatórios sugerem que até civis foram alvos de violência.

Eric Foley, da Voice of the Martyrs Korea, diz que os cristãos refugiados da vizinha Eritreia se encontram em maior risco. “É muito difícil para esses acampamentos receber as provisões básicas de que precisam para ajudar os residentes”. Explica, Foley.

E, claro, fica cada vez mais difícil para eles fornecer segurança. Portanto, no momento, nós, com nossos parceiros lá, estamos examinando alguns possíveis casos de re-sequestro ou repatriamento de refugiados cristãos eritreus de volta à Eritreia.

Leia também:

Esses são casos muito difíceis de verificar. A região é quase inacessível para forasteiros e até para quem está dentro da região de Tigray. Na verdade, o dia a dia deles é realmente focado em apenas tentar encontrar comida suficiente para sobreviver.” Explica.

Cristãos na região de Tigray

No entanto, os cristãos na região de Tigray, abrem suas casas para os refugiados e outras pessoas necessitadas oferecendo abrigo e os poucos alimentos que possuem. A organização Voice of the Martyrs Korea, caminha ao lado dos cristãos na Etiópia.

“Eles são um bando de cristãos disciplinados e alegres. Seria fácil para os cristãos ao redor do mundo ignorá-los porque é apenas um pequeno país, uma pequena igreja. Mas eles não vão a lugar nenhum. Eles acreditam que Deus lhes deu a missão de cuidar dos refugiados cristãos da Eritreia. E eles vão cumprir essa missão.”

Pedidos de oração:

Louve e ore a Deus por esses cristãos na Etiópia, e por seu testemunho do amor de Jesus em uma das áreas mais devastadas pela guerra na Terra.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: