Como vivem os cristãos perseguidos no Vietnã

Saiba como é a perseguição aos cristãos no Vietnã.

Como vivem os cristãos perseguidos no Vietnã
Saiba como é a perseguição aos cristãos no Vietnã. Foto – Divulgação

No Vietnã, o nível de perseguição que os cristãos enfrentam depende de suas denominações, comunidades cristãs como os católicos romanos, gozam de certa liberdade, embora possam ser presas se se tornarem politicamente ativas.

A perseguição mais intensa é reservada para protestantes não tradicionais e convertidos de religiões indígenas, e vivem em áreas no centro e norte do Vietnã. A maioria desses cristãos perseguidos pertence às minorias étnicas do país, e enfrentam exclusão social, discriminação e ataques.

Às vezes, as casas são destruídas, forçando os cristãos a deixar suas aldeias. Em vários casos, os cristãos fugiram para o exterior e pedem asilo por exemplo, no vizinho Camboja, apenas para serem mandados de volta devido à pressão vietnamita.

Os cristãos no Vietnã, vivem sob forte pressão em quase todas as áreas da vida. A pressão e a violência contra os cristãos minoritários continuam inalteradas, segundo apresenta a lista da perseguição da Portas Abertas, organização de apoio aos cristãos perseguidos.

Quem é mais vulnerável à perseguição?

Ppulação: 98,3 milhões
Cristãos: 8,924,000
Religião: Budismo, cristianismo, islamismo, cao dai
Governo: Estado comunista
Líder: Nguyen Phu Trong
Posição: 19º na Lista Mundial da Perseguição

Há pressão sobre todos os cristãos, à luz da forte retórica comunista. Os cristãos podem ser presos e os crentes são freqüentemente vistos com suspeita. Os convertidos e protestantes em áreas rurais tendem a enfrentar a perseguição mais aguda.

Os homens cristãos podem enfrentar assédio e discriminação no local de trabalho por causa da fé, e até mesmo perder o emprego. Pastores são alvos de prisão e sequestro. Uma vez sob custódia, eles são tratados duramente, inclusive com espancamento.

Ore pelos cristãos perseguidos no Vietnã

  • Ore para que a suspeita dirigida aos cristãos pelas autoridades nacionais e locais diminua e seja substituída por uma apreciação de seu valor para a sociedade.
  • Peça que os crentes sob pressão para renunciar à sua fé tenham força para se apegar a Jesus; que esta postura fale poderosamente aos seus vizinhos e comunidades.
  • Ore para que os jovens cristãos cresçam em seu amor por Jesus, sua compreensão do evangelho e apreço pela Bíblia, dando-lhes um alicerce para a vida.
Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: