Ataque a bomba contra ônibus deixa 5 cristãos mortos no Quênia

O ônibus estava viajando da cidade de Lafey para a cidade de Mandera, no Quênia

O ônibus ficou destruído pela bomba na estrada no Quênias
O ônibus ficou destruído pela bomba na estrada no Quênia. Foto – Divulgação

Pelo menos cinco cristãos foram mortos e dezenas ficaram feridos nesta quarta-feira 24, quando um ônibus no nordeste do Quênia, atropelou uma bomba improvisada à beira de uma estrada no condado de Mandera.

O ônibus estava viajando da cidade de Lafey para a cidade de Mandera, quando o incidente ocorreu perto da fronteira com a Somália. O Comandante da Polícia, disse que os suspeitos do ataque cruzaram a fronteira no dia anterior visando acampamentos em Lafey.

O ataque ocorre dois meses depois de outro ônibus de passageiros em Wajir, no nordeste do Quênia, onde um grupo de militantes armados do Al-Shabaab roubou viajantes e o condutor do ônibus depois de não conseguir encontrar cristãos no ônibus.

O gerente Regional da ICC para a África, Nathan Johnson, disse que esses ataques contínuos devastaram muitas famílias no Quênia. O grupo está fazendo com que uma região inteira do país seja insegura para a maioria dos quenianos viajar, trabalhar ou morar.

“Esses ataques devem ser interrompidos. Até que os ônibus e as estradas possam viajar com segurança, o governo do Quênia deve fornecer proteção militar que impeça esses ataques.” Conclui, ele.

Nos últimos anos, o Al-Shabaab tem tido como alvo os cristãos e o pessoal de segurança na região nordeste do Quênia, que fica perto da fronteira com a Somália.

O grupo terrorista com base na Somália tem almejado áreas da fronteira Quênia-Somália e matado cidadãos inocentes desde que soldados quenianos entraram na Somália em 2011 para proteger a fronteira dos dois países.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: