Terroristas islâmicos matam 10 cristãos em ataque no Congo

O grupo rebelde cujo objetivo principal é agredir, sequestrar e assassinar cristãos, na República Democrática do Congo.

terroristas islãmico matam 10 cristãos no Congo
Terroristas islãmico matam 10 cristãos no Congo. Foto – Campanha contra mortes, na República Democrática do Congo promovida pela amnesty.org.

Na última segunda-feira (08), terroristas islâmicos do grupo rebelde “Forças Democráticas Aliadas” (ADF), mataram 10 cristãos, em ataque no Congo. O grupo rebelde cujo objetivo principal é agredir, sequestrar e assassinar cristãos, na República Democrática do Congo.

Segundo informações da vice-administradora do território de Beni, região onde ocorreu o ataque, uma avaliação provisória é que cerca de dez pessoas mortas. O ataque é atribuído aos combatentes islâmicos da (ADF), disse Rosette Kavula.

O ataque aconteceu poucos dias depois de um massacre semelhante no vilarejo vizinho de Mabule, onde 12 pessoas foram atacadas com facões por terroristas da ADF.

Publicidade

Leia também:

Um artigo recente da (ONU), informou que o ADF foi responsável por 849 mortes de civis apenas em 2020. De acordo com a porta-voz do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Marta Hurtado, o terror generalizado que esse grupo causa entre a população do país, da qual 80-90% da população é cristã, se deve à falta de controle do governo.

Segundo o artigo, a violência ocorre em um contexto de impunidade, onde poucos abusos de direitos humanos são investigados. Um ataque do ADF à prisão de Beni em outubro de 2020 – que levou à fuga de 1.300 presidiários – foi um golpe para a responsabilização no país.

A incapacidade do governo de controlar o ADF deixa os cristãos cada vez mais expostos à sua agenda expansionista islâmica. Junte-se a nós enquanto oramos por nossos irmãos e irmãs na RDC, pelo fim de tais atos hediondos de violência e pelas almas daqueles que os perpetram.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: