República Dominicana é proclamada como nação de Deus

O ato solene teve a participação de representantes de igrejas católicas e evangélicas, que esperam fortalecer a fé da nação dominicana.

Foi lido a passagem bíblica de 2 Crônicas 7:14, que convida a nação a estar mais perto de Deus.
Na solenidade foi lido a passagem bíblica de 2 Crônicas 7:14, que convida a nação a estar mais perto de Deus. Foto – Divulgação

A República Dominicana foi proclamada “Nação de Deus”, durante um ato solene organizado pelo “Ministério Nagua Cidade de Deus”, realizado no Palácio Nacional e transmitido através de rádio, televisão e redes sociais.

Segundo o Diario Libre, representantes das igrejas católica e evangélica participaram do ato solene no Palácio, que esperam servirá de base para a elevação da fé na nação dominicana, num momento em que o Covid-19 deixou mais de 3.000 mortos no país.

Ao participar da cerimônia, o presidente do ministério, pastor Miguel Vásquez, fez um apelo à humilhação e orou pelo perdão dos pecados de todos os dominicanos.

Publicidade

Vásquez é o criador desta iniciativa, que começou em Nagua há 18 anos com o Ministério Cidade de Deus de Nagua, vem realizando um dia de reencontro com o Senhor ano após ano, no município da província de Maria Trinidad Sánchez.

O evento paralisou todas atividades educacionais, comerciais e empresariais na República Dominicana para se juntar a esta jornada de fé e oração.

“Nesta ocasião decidimos estendê-lo a 158 municípios do país, além do Palácio Nacional, para proclamar que a República Dominicana é uma Nação de Deus, como sonharam os fundadores do país”, disse Vásquez.

Enquanto o elo entre as igrejas evangélicas e o Poder Executivo, Dío Astacio, orava a Deus por proteção para a República Dominicana, o presidente Luis Abinader e a primeira-dama Raquel Arbaje, para a vice-presidente Raquel Peña, e para todo o gabinete governamental dominicano.

Por seu lado, Henry Veras, elemento de ligação da Igreja Católica com o Poder Executivo, na companhia de três freiras, leu a passagem bíblica de 2 Crônicas 7,14, que convida a nação a estar mais perto de Deus para receber suas bênçãos e orações respondidas.

A atividade também contou com a presença do embaixador israelense, Daniel Biran, que definiu a República Dominicana como um presente de Deus. O embaixador disse, que se sente meio dominicano, e destacou que os dominicanos para não perder a fé e seguir em frente.

Pastores de diversas denominações clamaram a Deus pelas 32 províncias e seus respectivos municípios, pela proteção das famílias, pelo Congresso Nacional, pela justiça, pela saúde, pela economia, pelo meio ambiente e pelo bem-estar de todos.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: