Pastor é violentamente espancado durante culto na Índia

Extremistas hindus espancaram violentamente o pastor e sua congregação durante o culto de domingo, no estado de Karnataka na Índia

O pastor Subhash Hanok, foi espancado por extremistas hindus na Índia
O pastor Subhash Hanok, foi espancado por extremistas hindus na Índia. Foto – Divulgação

Um pastor foi violenetamente espancado por “extremistas hindus“, durante um culto no último domingo, 31 de janeiro, na Índia. Uma multidão de cerca de 30 pessoas esperava os cristãos do lado de fora da igreja no estado de Karnataka, para evitar que escapassem.

Até oito radicais irromperam na sala de reuniões da igreja em Harohalli, a cerca de 60 km de Bangalore, e exigiram que os fiéis repetissem o canto hindu “Jai Shri Ram” (vitória para Lord Ram, um deus hindu também chamado de Rama), um comando usado em um ataque anticristão anterior.

Quando eles se recusaram, a gangue lançou um “ataque total” contra o pastor Subhash Hanok e “espancou-o impiedosamente em todo o corpo”, disse um líder da igreja. Eles atacaram cerca de 28 outros cristãos, incluindo a filha de 13 anos do pastor, Sara, que levou um chute na lateral do estômago.

Publicidade

Leia também:

O pastor Subhash, um convertido do hinduísmo que já foi “atacado” por extremistas hindus duas vezes antes, ficou tão gravemente ferido que não conseguia andar e seu corpo estava coberto de marcas de socos e cortes.

“Dediquei minha vida para morrer pelo Senhor. Isso não me afeta.” Disse o pastor, enquato ele estava sendo tratado no hospital por seus ferimentos.

O líder da igreja disse que a polícia fez apenas uma nota nominal das queixas cristãs contra os agressores que não foram acusados. No entanto, a polícia apresentou acusações contra o pastor Subhash, inclusive por “conversão”, e contra a igreja.

A sala de reuniões da igreja do pastor ficou em desordem após o ataque
A sala de reuniões da igreja do pastor ficou em desordem após o ataque. Foto – Divulgação

A polícia entrevistou o proprietário da casa onde a igreja se reúne e está pressionando-o para despejar a congregação.

“Deus está do nosso lado e não seremos derrotados”

O líder da igreja solicitou oração pelo pastor Subhash e outros cristãos feridos no ataque. “Não sabemos o que vem a seguir”, acrescentou. “Mas sabemos que Deus está do nosso lado e não seremos derrotados.”

Em 2008, o pastor foi espancado por extremistas. Sua esposa, Ratna, que estava grávida de oito meses na época, perdeu seu filho no ataque. O pastor Subhash foi atacado novamente sete anos depois e a igreja foi forçada a desocupar a casa alugada onde suas reuniões eram realizadas depois que extremistas hindus pressionaram seu senhorio.

Não havia cristãos em Harohalli antes da abertura da igreja, há 15 anos. O pastor Subhash, que se formou em um seminário bíblico depois de se tornar cristão, dedicou seu ministério a Harohalli e a igreja cresceu gradualmente em número.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: