Pastor abre sua casa para alimentar refugiados em Moçambique

A medida que a vida dessas famílias deslocadas é transformada, o Pastor Carico espera expandir seu ministério de alimentação nos próximos meses.

Pastor abre sua casa para alimentar refugiados em Moçambique
O pastor Romeno Carico, além de ajudar os refugiados e também prega a palavra de Deus eles. Foto – Divulgação

Quando o pastor Romeno Carico, viu milhares de refugiados fugindo para sua comunidade no Norte de Moçambique, para escapar do conflito com militantes islâmicos, ele sabia que tinha que fazer algo para ajudar.

A pesar de poucos recursos que possui, o pastor Romeno Carico, decidiu abrir sua casa para alimentar famílias traumatizadas após perderem membros da família no conflito. E por meio de seu ministério, ele também os alimenta com o pão da vida por meio de sua igreja que se reúne em sua casa.

Enquanto os ataques de militantes islâmicos no norte de Moçambique forçaram centenas de milhares de pessoas a fugir de suas aldeias, o pastor Romeno, também abriu seu ministro do Interior para muitas dessas famílias de refugiados.

A agência da ONU para refugiados, disse que pelo menos 424.000 pessoas fugiram para as províncias vizinhas de Niassa, Nampula e Pempa. No inicio do ano, a ONU alertou que a crise pode alastrar para além das fronteiras de Moçambique.

Leia também:

Com escassos recursos a cada mês, o pastor consegue alimentar cerca de 80 famílias com suprimentos vitais de farinha de milho, sal e óleo. Ele explica o que o motivou a iniciar este programa de alimentação em Nampula.

“Eu abri este ministério em minha casa porque sou pastor, então nesta comunidade eu tenho que ministrar a palavra de Deus para eles. Algumas delas perderam seus maridos, seus filhos. Alguns deles perderam suas esposas. Então seus corações estão quebrados. Portanto, tenho que ajudá-los com o que tenho. Com a palavra de Deus eu os encorajo.”

O pastor Romeno, que também é gerente de uma estação de rádio cristã, montou uma igreja em sua casa com muitos dos refugiados. “Muitas irmãs, viúvas e irmãos, então os testemunhos são muitos. Deus está apenas dando a resolução de sua situação.” Conta, o pastor.

E à medida que a vida dessas famílias deslocadas é transformada, o Pastor Carico espera expandir seu ministério de alimentação nos próximos meses para o número crescente de pessoas traumatizadas por este conflito.