Cristãos são presos acusados de conversão forçada na Índia

Cristãos presos sob a nova lei anticonversão, tem pedido de fiança negado na Índia

Nove cristãos são presos sob acusação de conversão forçada na Índia
Um grupo cristãos presos em igreja na Índia. Foto – Divulgação

De acordo com a Union of Catholic Asian News (UCAN), nove cristãos já foram presos na Índia, acusados ​​de conversão forçada. Os advogados que representam os cristãos, retam que eles tiveram suas fiaças negadas e planejam apelar da decisão do tribunal.

Em 27 de janeiro, um tribunal em Indore na Índia, localizado em Madhya Pradesh, negou aos nove cristãos que foram acusados ​​falsamente de conversões forçadas religiosas, ou ilegais a oportunidade de pagar fiança.

A juíza Yatindra Kumar Guru disse: “ Não parece apropriado conceder fiança ao acusado, examinando os fatos e as circunstâncias.” Disse, a magistrada.

Publicidade

Leia também:

As acusações contra os nove cristãos se originam de um incidente de 26 de janeiro no qual nacionalistas hindus radicais invadiram um culto de oração de rotina realizado em um centro de mídia católico em Indore.

Depois que a polícia foi chamada ao centro para proteger os cristãos, os nacionalistas hindus aproveitaram e acusaram falsamente os nove cristãos, de conduzir um serviço religioso de conversão em massa.

Mais tarde, uma mulher de 25 anos alegou que seus pais a enganaram para vir ao serviço de oração, onde ela foi forçada a mudar de religião. Atendendo a esta queixa, a polícia acusou 11 indivíduos de violar a lei anticonversão de Madhya Pradesh e prendeu nove.

Os cristãos locais temem que a reclamação do jovem de 25 anos seja motivada por má fé. Alguns afirmam que ela foi plantada no meio da multidão por nacionalistas para estabelecer os cristãos que se reuniam para a adoração.

“Não tenho ideia de como ela veio para os cultos e qual foi seu verdadeiro motivo” , disse o pastor Patras Savil, que está prestando ajuda jurídica aos cristãos presos, à UCAN.

“Teremos que lutar o caso legalmente tanto quanto possível e deixar o resto para Deus decidir. A verdade triunfará.” Disse, o pastor.

Em 9 de janeiro, o governo estadual de Madhya Pradesh adotou o que muitos consideram a lei anticonversão mais rigorosa da Índia. De acordo com essa lei, as conversões religiosas devem ser aprovadas pelo governo estadual e as conversões religiosas forçadas são criminalizadas.

Em estados onde leis anticonversão semelhantes são atualmente promulgadas, incluindo Odisha, Uttar Pradesh, Arunachal Pradesh, Chhattisgarh, Gujarat, Jharkhand, Himachal Pradesh e Uttrakhand, eles são amplamente abusados.

Os nacionalistas acusam falsamente os cristãos de converter indivíduos ao cristianismo à força para justificar o assédio e a agressão. A polícia local muitas vezes ignora a violência perpetrada contra cristãos devido a falsas acusações de conversão forçada.

Até o momento, nenhum indivíduo foi condenado por conversões forçadas na Índia. Isso apesar do fato de que algumas das leis anticonversão estão em vigor desde 1967.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: