Nacionalistas hindus querem proibir atividades cristãs na Índia

Nacionalistas hindus querem proibir as práticas cristãs na Índia

Nacionalistas querem proibir as práticas cristãs na Índia
Nacionalistas querem proibir as práticas cristãs na Índia. Foto – Divulgação

Um grupo de nacionalistas hindus pediu a proibição das atividades cristãs em areas tribais no estado central de Madhya Pradesh, na Índia central. O grupo nacionalista, também exigem o fechamento de igrejas.

Em uma reunião de 26 de janeiro junto com os anciãos de uma vila no distrito de Jhabua, o líder nacionalista hindu, Kamalesh Malviya disse: “As atividades cristãs, orações de cura entre os povos tribais deve acabar, e aqueles que se converteram ao cristianismo devem se opor.”

Outros nacionalistas têm feito campanha anti-cristã em todo o distrito de Jhabua, exigindo que as igrejas sejam fechadas, os cristãos se convertam ao hinduísmo para evitar boicotes sociais e violência física.

Leia também:

Em 11 de janeiro, uma multidão de nacionalistas hindus marcharam na cidade de Jhabua exigindo que todas as igrejas em áreas tribais fossem fechadas. Eles entregaram um pedido por escrito ao governo local e ameaçaram com violência se o governo local não atendesse às suas demandas nos próximos 30 dias.

Os cristãos em todo o distrito de Jhabua temem a escalada da intolerância e da violência. De acordo com a UCAN, os cristãos representam cerca de 4% da população do distrito.

“Temos praticado nossa fé em meio a ameaças e perseguições”, disse Jeevan Ganawa, um líder cristão local, à UCAN. “ No entanto, não vamos desistir de nossa religião de acordo com os caprichos e fantasias dos grupos hindus de direita.”