Casal cristão é expulso de vilarejo por seguir Jesus, na Índia

Mesmo que você me tire do vilarejo, não vou deixar de seguir Jesus Cristo, disse o cristão ao chefe da aldeia.

O casal foi expulso de sua aldeia natal no nordeste da Índia
O casal foi expulso de sua aldeia natal no nordeste da Índia. Foto – Divulgação

O casal cristão Jaga Padiami e sua esposa, em dezembro passado decidiram se converter ao cristianismo e serem seguidores de Jesus, na Índia. Devido à conversão, o casal agora estão sendo perseguidos e foram expulsos de sua aldeia natal no nordeste da Índia.

Os Padiami se converteram ao cristianismo em dezembro de 2020, depois que eles foram visitados por cristãos que “compartilharam” o Evangelho. Em janeiro, Padiami e sua esposa foram chamados para uma reunião no vilarejo.

Nessa reunião da aldeia, o chefe do vilarejo Kambawada, Koya Samaj, exigiu que Padiami e sua esposa renunciassem à fé cristã. Ambos recusaram.

Publicidade

Leia também:

Depois de ouvir sua recusa, os moradores da vila de Kambawada começaram a assediar Padiami e sua esposa. O chefe da aldeia deu a Padiami cinco dias para renunciar à fé cristã, ou então seriam expulso do vilarejo.

Depois de cinco dias, Padiami e sua esposa foram chamados novamete para uma reunião na aldeia, onde foram questionados sobre sua decisão. Padiami disse: “Mesmo que você me tire do vilarejo, não vou deixar de seguir Jesus Cristo.”

Essa resposta enfureceu os moradores locais que saquearam a casa de Padiami. Todos os pertences de Padiami foram jogados na rua e a casa foi trancada para que Padiami e sua esposa não pudessem entrar novamente. O casal foi então forçado a deixar a aldeia.

De acordo com os Padiami, os moradores ameaçaram matar Padiami e sua esposa se eles voltassem para a aldeia sem renunciar à fé cristã. O casal entrou com uma queixa contra os moradores da vila junto à polícia de Malkangiri.

No entanto, nenhuma solução foi encontrada entre Padiami e os moradores. O casal cristão, então foi forçado a se mudar para outra aldeia, a vários quilômetros de distância da aldeia de Kambawada.

A Índia está classificada na 10° posição na Lista Mundial da Perseguição de 2020, do Portas Abertas com os países onde é mais difícil de ser cristão. O país que ocupava o 31º lugar em 2013, mas sua posição tem piorado a cada ano desde que Modi chegou ao poder

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: