Pastor é morto a tiros por radicais islâmicos, na Nigéria

O Dr. Amos Arijesuyo era pastor da Igreja Apostólica de Cristo e professor da Universidade Federal de Tecnologia, em Akure, na Nigéria.

Pastor é morto a tiros por radicais islâmicos, na Nigéria
O Dr. Amos Arijesuyopastor, além de pastor era professor de uma Universidade na Nigéria. Foto – Divulgação

Um pastor foi morto a tiros por radicais islâmicos da etnia Fulani, no último dia 16 de janeiro, segundo iformações da imprensa na Nigéria. O pastor era professor da Universidade Federal de Tecnologia de Akure, na Nigéria.

O Dr. Arijesuyo Amos Arijesuyo, era pastor Igreja Apostólica de Cristo, e estava voltando para Akure de uma viagem a Ibadan, quando seu veículo caiu em uma emboscada armada por atiradores desconhecidos que operavam na estrada por volta das 17h30.

Os bandidos atiraram esporadicamente no veículo visando os cinco ocupantes. Infelizmente, algumas das balas atingiram o Dr. Arijesuyo e o motorista. O motorista conseguiu afastar o veículo do local do ataque e esforços concentrados foram feitos para buscar ajuda médica imediata.

Publicidade

Leia também:

No entanto, o Dr. Arijesuyo sucumbiu aos ferimentos fatais dos tiros que sofreu durante o encontro infernal enquanto o motorista se recuperava em um hospital. De acordo com um comunicado, da Universidade.

“A Universidade condena nos termos mais veementes este ataque sem sentido que levou à morte prematura de um erudito administrador e conselheiro universitário por excelência. A morte do Dr. Arijesuyo é uma grande perda para a comunidade acadêmica, na Nigéria.”

“É uma morte que não deveria ter acontecido em primeiro lugar. Ele era uma esperança da administração, da equipe e dos alunos. As agências de segurança, vão atrás dos homens perversos que cometeram o ato covarde e os façam enfrentar todo o peso da lei e a justa recompensa por seu crime hediondo.”

“Nossas orações e pensamentos estão com a esposa, filhos e parentes de nosso colega que partiu neste difícil período de luto incontrolável. Que o bom Deus lhes conceda a fortaleza para suportar esta perda irreparável e dolorosa e conceder ao falecido repouso eterno.”

A Nigéria liderou no mundo em número de cristãos sequestrados no ano passado, com 990, de acordo com a “Lista Mundial de Perseguição 2021.” Pelo primeira vez, a Nigéria entrou no top 10, saltando do 12º para o 9º lugar este ano.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: