Padre sequestrado é encontrado morto, na Nigéria

Muitos clérigos são sequestrados ou mortos todos os anos na Nigéria. Em janeiro passado, o Boko Haram assassinou o Rev. Lawan Andimi.

Padre sequestrado é encontrado morto, na Nigéria
Padre nigeriano John Gbakaan, foi brutalmente assassinado, na Nigéria. Foto – Divulgação

O corpo do padre John Gbakaan, um pároco católico na Nigéria, foi encontrado morto com ferimentos de facão em 16 de janeiro, um dia depois que homens armados o sequestraram e exigiram resgate.

O padre Gbakaan, pároco da Igreja de Santo Antônio em Gulu, na diocese de Minna, foi sequestrado durante uma viagem ao estado de Níger, informou a agência de notícias do Vaticano, a Agência Fides. O padre foi encontrado morto, próximo ao local do sequestro.

O padre Gbakaan, com seu irmão e outro padre, partiram para Makurdi no estado de Benue em 14 de janeiro para visitar sua mãe, disse a agência, citando o padre John Jatau, um pároco da região.

Publicidade

Os dois irmãos foram sequestrados por homens armados que pediam resgate à Diocese de Minna. Os sequestradores exigiram 30 milhões de nairas cerca de (US$ 76.000), que  foram reduzidos para cinco milhões de nairas (cerca de US $ 12.600).

O corpo desfigurado do padre Gbakaan apresentava feridas profundas e afiadas de facão, tornando difícil a identificação. O veículo que eles viajaram foi encontrado em um arbusto próximo. O irmão do padre estaria nas mãos dos sequestradores, mas as autoridades não confirmaram.

Chocante e doloroso

A Associação Cristã da Nigéria (CAN) pediu ao governo federal o fim dos sequestros e assassinatos de pessoas religiosas por bandidos.

O vice-presidente da CAN, reverendo John Hayab, disse a um diário local que a morte do padre foi “chocante e dolorosa”. Ele disse que a tendência aumentou a “sensação de insegurança” do norte da Nigéria a níveis alarmantes.

“Hoje, no norte da Nigéria, muitas pessoas vivem com medo e muitos jovens têm medo de se tornar pastores porque as vidas dos pastores estão em grande perigo”, disse o Rev. Hayat.

Ele disse que padres se tornaram alvos fáceis, dos sequestradores na Nigéria. Quando os sequestradores sabem que a vítima é um padre ou pastor, aumentam o pedido de resgate, chegam ao ponto de matar a vítima.

Muitos clérigos são sequestrados ou mortos todos os anos na Nigéria. Em janeiro passado, Boko Haram assassinou o Rev. Lawan Andimi depois de levá-lo como refém. Ele se recusou a renunciar a Cristo e foi executado por isso.

Em fevereiro, um grupo matou um jovem seminarista chamado Michael Nnadi, que havia sido sequestrado junto com três outros. “Estamos simplesmente implorando ao governo federal e a todas as agências de segurança que façam o que for preciso para acabar com esse mal”, disse o funcionário da associação.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: