Mulher acorda de coma antes de médicos desligar os aparelhos

Ela estava lutando bravamente contra o vírus quando as coisas pioraram e ela ficou intubada por 59 dias. Por 40 dias, ela ficou em coma e também teve um derrame.

Lisa Martin foi chamada de paciente do milagre, após acordar do coma
Lisa Martin foi chamada pelos médicos de paciente do milagre, após acordar do coma. Foto – DIvulgação

Uma mulher mãe de quatro filhos em aparelhos de suporte à vida, acordou do coma depois que os médicos disseram a sua família para ‘desligar os aprelhos’. Quando se trata da saúde de seus entes queridos, é muito difícil desistir deles, mesmo que o médico diga.

Lisa Martin, de 49 anos, recebeu um resultado negativo em um teste rápido de Covid-19, mas ela já sabia que havia contraído o vírus. Enquanto isso, seu marido, Jeff, havia testado positivo, mas estava se saindo muito bem com a medicação.

Mas ao contrário de Jeff, Lisa começou a apresentar febre e dor na respiração e, a conselho de um amigo da família, chegou ao pronto-socorro e não sabia que demoraria 3 meses para voltar para casa.

Leia também:

Ela estava lutando bravamente contra o vírus quando as coisas pioraram e ela ficou intubada por 59 dias. Por 40 dias, ela ficou em coma e também teve um derrame.

Sua saúde estava se deteriorando rapidamente e a equipe médica acreditava que ela não iria para casa. Sua história milagrosa de sobreviver às adversidades comoveu tanto sua equipe médica que eles a compartilharam nas redes sociais.

“Em 20 de outubro, Lisa estava em coma, com os olhos fixos. O hospital chamou sua família para se despedir. Mas eles decidiram aguardar 11 dias antes de tomarem a decisão de retirá-la do ventilador que respirava por ela. Mas Deus tinha outros planos ”, postou o hospital em sua página do Facebook.

É evidenciado pela Bíblia que Deus tem o poder de curar nosso corpo físico. Curas milagrosas ainda acontecem hoje.

Mesmo depois de acordar, ela não estava completamente bem, sua equipe médica sugeriu um transplante de pulmão para ela: “Ela nunca vai sobreviver com esses pulmões. Ela vai precisar de um transplante de pulmão para viver. ”

Mas Jeff disse que o testamento de Lisa sugeria que nenhuma medida desse tipo deveria ser tomada e o médico então disse: “Faremos o que pudermos”. Jeff respondeu: “Faça o que puder e pediremos a Deus para fazer o resto!”

E Deus apareceu e não apenas curou seu corpo, mas Lisa foi liberada para ir para casa, com o hospital chamando Lisa de sua “paciente do milagre”. Eles compartilharam um vídeo de Lisa saindo do hospital enquanto os membros da equipe a aplaudiam.