Jovem baleado morre dentro de igreja pedindo perdão, no ES

O adolescente após ser atingido pelos tiros, buscou por refúgio na igreja.

Adolescente baleado morre dentro de igreja
Adolescente baleado morre dentro de igreja, em Vitória-ES. Foto – Dvulgação

Um adolescente de 16 anos morreu dentro de uma igreja evangélica depois de ser baleado na noite de segunda-feira (4), na Grande Vitória, no Espírito Santo. O adolescente após ser atingido pelos tiros, buscou por refúgio na igreja.

O jovem Uilton Meira de Oliveira Júnior, estava com amigos na frente de um bar a cerca de 150 metros da igreja Deus É Amor, no bairro Novo Brasil, em Cariacica. Até que, por volta das 21h, criminosos armados passaram atirando.

O adolescente baleado, então correu pela rua e entrou na igreja, que já estava com a porta fechada. Segundo o pastor da igreja, Alessandro Claudio Neves, o culto já tinha terminado e havia cerca de 10 pessoas no local.

Leia também:

No momento em que viram o adolescente ferido, os fiéis entraram em pânico com medo que os assassinos entrassem na igreja. Em entrevista à TV Gazeta, Alessandro revelou que o jovem pediu perdão antes de morrer.

“Foi uma coisa muito rápida. Ele só disse ‘me perdoa por tudo o que eu fiz’. Falou só isso e morreu”, disse Alessandro. “Oramos para Deus dar livramento para ele”, contou a mãe do pastor, Zulmira Cláudio Neves.

Amigos da vítima disseram à reportagem que cerca de oito homens armados roubaram celulares e agrediram mulheres do grupo. Os criminosos afirmaram procurar um rapaz, que não era o jovem que acabou morto. Por não terem encontrado o alvo, eles decidiram matar qualquer pessoa e atiraram em Uilton.

Mesmo sem saber se o adolescente tinha envolvimento com crimes, o pastor Alessandro acredita que Uilton recebeu salvação por ter se arrependido. “Eu creio que ele está em um lugar melhor, porque a Bíblia diz que até o último suspiro, ainda há salvação”, afirmou.

O corpo de Uilton foi levado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Parentes e amigos estiveram no local nesta manhã de terça-feira (5).

O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios de Cariacica e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. A Polícia Militar informou que reforçou o policiamento no bairro Novo Brasil.