Cristão é espancado pelo patrão muçulmano por ir em culto, no Paquistão

Trabalhador cristão é espancado pelo patrão por participar de culto religioso no distrito de Sheikhupura de Punjab, no Paquistão.

Trabalhador cristão de fábrica de tijosos é espancado pelo patrão muçulmano no Paquistão
Trabalhador cristão de fábrica de tijosos é espancado pelo patrão muçulmano no Paquistão. Foto – Divulgação

Paquistão – Em 5 de janeiro, um trabalhador de uma olaria cristão chamado Ansar Masih foi brutalmente espancado por seu patrão muçulmano depois de se despedir para assistir a um serviços religioso durante os feriados. O incidente ocorreu na aldeia de Bonawala, localizada no distrito de Sheikhupura de Punjab, no Paquistão.

Masih disse ao International Christian Concern (ICC) que tirou licença no dia de Natal para assistir aos cultos religiosos, mas trabalhou no domingo seguinte para compensar. Masih relata que seu gerente de fábrica ficou irritado com ele e abusou dele por tirar uma folga.

“Quando argumentei com ele, ele chamou quatro outros funcionários para me ensinar uma lição sobre como ir à igreja e discutir com ele”, disse Masih à International Christian Concern. “Eles abusaram dos cristãos por suas práticas religiosas e disseram palavras depreciativas quando souberam que eu estava orando na igreja.”

Leia também:

O cristão Masih sofreu ferimentos múltiplos como resultado do ataque. Ele foi levado para o Hospital Sede Distrital em Sheikhupura para tratamento médico.

Os policiais e os homens que agrediram Masih, agora estão pressionando sua família para resolver a questão fora do tribunal. Masih apresentou um pedido à polícia sobre o incidente, mas nenhuma ação foi tomada pelos oficiais contra os agressores de Masih.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: