A verdadeira “Paz de Cristo’ que ganhamos de presente

Convido você a receber esse presente e descansar na fidelidade Dele, Entregue sua vida, seus problemas e ansiedades nas mãos de Jesus.

A verdadeira "Paz de Cristo' que ganhamos de presente
A plena paz que Jesus Cristo, nos dá de presente. Imagem – Ilustração

Vivemos tempos em que as coisas possuem um valor relativo. O dinheiro não pode comprar a saúde, o status não é capaz de evitar a enfermidade e muitas vezes o desemprego, a cultura não é suficiente para combater um inimigo invisível de maneira eficaz.

Percebemos que as conversas, de maneira direta ou não, refletem uma preocupação com a segurança. Os dados estatísticos, infelizmente, mostram que essa preocupação é correta e necessária.

A questão é como podemos viver em meio a tantas notícias desagradáveis e preocupantes e mesmo assim continuar a manter viva a esperança por dias melhores?

A resposta é simples, precisamos de paz para poder traçar planos, sonhos e realizações, mesmo diante de tantas incertezas.

A verdadeira Paz de Cristo

Gosto muito quando Jesus disse “Eu lhes deixo um presente, a minha plena paz. E essa paz que eu lhes dou é um presente que o mundo não pode dar. Portanto, não se aflijam nem tenham medo.” (Jo 14.27- NVT).

Note que a paz que Jesus pode nos dar é diferente daquela paz que o mundo nos oferece. A paz que o mundo oferta significa que todas as circunstâncias são favoráveis, ou seja, não há guerras, nem fome, enfermidades ou dificuldades de um modo geral. Um verdadeiro estado de bem estar.

Essa paz do mundo, contudo, é instável, um incêndio em um laboratório de vacina pode fazer renascer o medo da enfermidade. Um novo presidente da república pode mudar o direcionamento da política externa e assim afetar a economia e os empregos. Uma simples tempestade pode acabar com os campos das plantações e a fome e necessidade podem voltar a causar temor!

Então, a paz que o mundo nos oferece é sempre passageira e condicional!

Mas a paz que Jesus prometeu não está vinculada as condições climáticas, políticas, econômicas ou sanitárias. A paz que Ele nos prometeu está vinculada a Sua Pessoa, ou seja, não muda segundo o passar dos dias nem das condições da humanidade.

Como Ele mesmo disse na versão que destaquei, a paz que ele nos dá é um presente.

Aqui está o segredo desta paz!

Presente nós não merecemos, porque do contrário não seria presente, mas recompensa.

Presente, como o próprio nome diz, não é algo que irá acontecer no futuro, mas agora, no presente.

Por fim, presente não é algo imposto. Ninguém está obrigado a aceitar um presente, aliás, ninguém está obrigado nem mesmo a saber o que está dentro do pacote de presente.

Presente se aceita ou se recusa, simples assim!

Jesus sendo tão atencioso e amoroso, nos deu um presente e para que não ficássemos com dúvidas sobre o conteúdo desse presente Ele mesmo nos informou o conteúdo: a sua paz!

Agora, a questão é com você que está lendo este breve artigo. Você deseja receber esse presente?

Lembre-se, contudo que Jesus não prometeu que iria acabar com os problemas ou terminar com as preocupações, pelo contrário, ao falar que daria o presente da Paz Ele deixou claro que teríamos problemas que poderiam nos roubar a felicidade e segurança.

Convido você a receber esse presente e descansar na fidelidade Dele, Entregue sua vida, seus problemas e ansiedades nas mãos de Jesus.

Que o Senhor te abençoe e te guarde.