Dois cristãos argelinos enfrentam julgamento acusados de blasfêmia

Dois cristãos argelinos enfrentam julgamento acusados de blasfêmia
Um cristão preso na Argélia, acusado de blasfêmia. Foto – Divulgação.

O Tribunal de Amizour da Argélia julgou dois cristãos acusados de blasfêmia contra o Islã e seu profeta. O crime  de blasfêmia na Argélia, é visto como “insultar o profeta e denegrir os preceitos da religião muçulmana”.

No primeiro caso, o promotor solicitou dois anos de prisão e uma multa de 200.000 dinares ($ 1519 USD). O veredicto é esperado em 15 de dezembro. Um veredicto no segundo caso, é esperado em dezembro 17. O réu neste caso é ameaçado com a mesma acusação e multa, mas apenas seis meses de prisão.

A Argélia passou por uma recente transição política e reforma constitucional que deu ao país a oportunidade de proteger a liberdade religiosa. No entanto, foi uma oportunidade perdida levando em conta o números de cristãos condenados por simplesmente expressar sua fé.

Publicidade

As igrejas protestantes que começaram a ser fechadas à força em 2017 em várias partes do páis. E atulamente, foram completamente fechadas devido à pandemia segundo informações da International Christian Concern.

No entando, as igrejas católicas foram autorizadas a reabrir, mas as igrejas protestantes permanecem fechadas e continuam enfrentando o assédio das autoridades, de acordo com fontes de campo.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: