Cerca de 40 cristãos indianos são presos após ataque em comunidade

Comunidade de cristãos indianos são presos pela polícia após ataque de multidão enfurecida

Comunidade de cristãos indianos são presos pela polícia após ataque de multidão enfurecida
A pequena comunidade cristã em Gagari, Índia, tem sido sujeita a prolongada pressão e assédio para renunciar à sua fé em Cristo. Crédito da imagem: ADF Índia

Uma comunidade de cerca de 40 cristãos indianos em Gagari, perto de Ranchi, a capital do estado de Jharkhand, foi presa pela polícia quando uma multidão enfurecida de 1.500 habitantes locais, liderados por extremistas, convergiram para sua aldeia para pressionar os crentes a renunciarem à fé em Cristo.

Depois de meses de ameaças e perseguições, os cristãos foram convocados para participar da última reunião do conselho da aldeia em 3 de outubro, onde uma grande multidão de moradores confrontou a pequena comunidade.

Cristãos presos

A presença da polícia foi necessária para prevenir um surto de violência. Mas, apesar de ser pacífico, foram os próprios cristãos que foram presos. Todos os que foram levados sob custódia foram libertados.

As reuniões do conselho da aldeia têm sido freqüentemente usadas para ameaçar e intimidar a comunidade cristã em Gagari. Desde que foram libertados, alguns dos cristãos foram impedidos de ter acesso a tratamentos médicos, incluindo uma mulher grávida que não teve permissão para ver uma parteira.

Ataques contra os cristãos

Os violentos ataques contra cristãos têm aumentado no estado de Jharkhand durante 2020. Em setembro, sete cristãos indianos foram espancados, submetidos a humilhantes tonsura de cabeça e forçados a entoar a afirmação hindu “Jai Shri Ram” (vitória para Lord Ram, um deus hindu também chamado de Rama), quando uma multidão de extremistas empunhando uma vara invadiu sua aldeia.

Três incidentes de violência foram registrados em abril, durante o bloqueio de Covid, incluindo o tiroteio de uma jovem cristã cujos agressores ameaçaram matá-la se ela continuasse a espalhar o Evangelho.

Seguir o Amigo De Cristo no Google Notícias

Deixar cometário no Facebook: