Jovem cristã na Síria fala sobre sua fé em meio à perseguições

Jovem cristã síria tem visão de Jesus durante perseguição muçulmana

A cristã Síria Sozan não se arrepende de ter se convertido ao cristianismo, apesar da perseguição que sofre
A cristã Síria Sozan, não se arrepende de ter se convertido ao cristianismo, apesar da perseguição que sofre em sua comunidade. (Foto: Open Doors Reino Unido e Irlanda)

As guerras e perseguições cercam a vida de milhares de cristãos na Síria, assim como a de Sozan, uma jovem cristã de 22 anos. A jovem conta sobre sua experiência como cristã na síria e como a fé e Jesus a mantêm forte.

O medo tem sido um amigo familiar para Sozan. No entanto, ela agradece a seus irmãos e irmãs na Igreja de Cristo na Aliança, pois eles servem como um centro de esperança para os cristãos necessitados na Síria.

Fé de uma cristã síria

Em outubro de 2019, a família de Sozan se reuniu em sua casa enquanto bombas contínuas caíam sobre sua comunidade de Qamishli. As forças turcas tentaram criar uma ‘zona segura’ em torno de sua área, livre da milícia curda.

“Estávamos com tanto medo. Oramos muito. Ouvimos sons de explosões. Duas bombas caíram perto de nossa casa.” Compartilhou, ela.

Enquanto isso acontecia, Hannan, a esposa do pastor da igreja, ligou para eles e ofereceu seu lugar como refúgio. Eles decidiram correr para a casa do pastor enquanto os bombardeios pararam por um tempo.

“Corremos para fora de nossa casa e vimos mais pessoas correndo. Ficamos com a família do pastor até que o bombardeio parou e foi mais seguro voltar para casa. ”

Perseguição

Mas os bombardeios não são a única ameaça à segurança de Sozan. Mesmo antes, ela teve que escapar da extrema perseguição que recebeu de seus vizinhos muçulmanos.

“Depois que minhas irmãs e eu nos tornamos cristãos e começamos a frequentar a igreja, as pessoas da vizinhança começaram a falar mal de nós. Um dia, acho que cerca de seis semanas após minha conversão, eu estava com minha irmã Arya ”, ela lembrou.

Jovem cristã síria tem visão de Jesus durante perseguição muçulmana
Jovem síria tem visão de Jesus durante perseguição muçulmana

“Um grupo de homens veio nos ferir. Disseram que tínhamos má reputação e devíamos ser mortos. Nós dois estávamos chorando, estávamos com tanto medo. Mas então Jesus apareceu para mim. Ele me disse: ‘Não tenha medo.’ Então, o povo de repente se desculpou e foi embora. Isso só poderia ter sido obra de Deus.”

Mas, as pessoas começaram a rejeitar Sozan e sua irmã. “Mais tarde, alguns homens muçulmanos procuraram nosso pai. Disseram que nós, como suas filhas, tínhamos má reputação e que deveríamos ser mortos; que nosso pai cuide para que essa vergonha seja lavada. ”

As irmãs decidiram fugir de sua cidade natal. Felizmente, a igreja os ajudou a encontrar um lugar seguro. Agora, elas puderam voltar para sua família, mas ela ainda ora por proteção para ela e sua irmã.

“A vida para nós era um inferno antes de virmos a Jesus. Era como viver em uma floresta cheia de monstros. Mas durante o horror, a igreja ficou conosco. Recebemos ajuda humanitária e conseguimos abrigo quando enfrentamos perseguição ”.

“Deus disse a Seus filhos que ajudassem outros como nós. Por meio disso, sentimos que Deus está conosco, que Ele não está nos deixando de jeito nenhum ”.

A instituição de caridade Portas Abertas fez parceria com a igreja de Sozan e com outras igrejas em mais de 60 países para ajudar os cristãos que sofrem por sua fé. Participe do evento online Standing Strong Online 2020, no próximo dia 3 de outubro, para ouvir mais histórias corajosas em meio à perseguição e maneiras de ajudar.