Morre vítima da covid-19, o pastor da igreja que motivou vigília de oração

Morre vítima da covid-19, o pastor da igreja que motivou vigília de oração
Pastor Edilson faleceu após ficar de 25 dias internado no Hospital Regional de Campo Grande, por complicações provocadas pela Covid-19 (Foto: Instagram/El Shaddai)

Morreu nessa quarta-feira 19, o pastor Edilson Vicente da Silva, 61 anos, fundador da Igreja El Shaddai, que motivou a vigília de oração, no Hospital Regional de Campo Grande, Capital do Mato Grosso do Sul.

A internação do religioso chegou a motivar uma verdadeira vigília no entorno da unidade de saúde, membros da igreja do pastor, que pediam por sua recuperação e também oravam em prol de outras pessoas que enfrentam a doença.

O pastor Edilson, que já estava internado há mais de 25 dias, faleceu devido a complicações provocadas pela covid-19. O religioso é mais uma vítima da doença no Brasil, que é o 2º país do mundo com mais mortes e mais casos de covid-19.

No início de agosto, em entrevista ao Campo Grande News, Epaminondas, filho de Edilson, relatou que os primeiros sintomas do pai foram leves, mas que evoluíram com o tempo. “Ele tinha ficado sem paladar e, por isso, estava em isolamento.”, explica.

Com os novos sintomas, Edilson foi levado a uma unidade de atendimento e logo foi internado no Hospital Regional. Uma semana depois, com o avanço do quadro de saúde, o líder religioso precisou ser entubado.

O velório do pastor Edilson Vicente da Silva foi no Memorial Park e o sepultamento ocorreu ontem às 17h.