Executivo é preso após criticar mortes de cristãos na Nigéria

Executivo nigeriano é preso após criticar falha do governo em proteger os cristãos

Executivo é preso após criticar mortes de cristãos na Nigéria
Executivo nigeriano Dr. Obadiah Mailafia, foi preso após criticar falha do governo em proteger os cristãos

Um executivo ex-presidente do Banco Central da Nigéria, foi preso em 12 de agosto depois de criticar em entrevista de rádio, as mortes de cristãos e ataques a comunidades cristãs no estado de Kaduna.

O Dr. Obadiah Mailafia foi convocado para o Departamento de Serviços de Estado (DSS) em Jos, onde foi interrogado por seis horas sobre sua entrevista no rádio que discutia a escalada da violência e mortes cristãos na Nigéria, no Estado de Plateau, onde ele nasceu.

A entrevista também levantou a questão da infiltração de extremistas Fulani em todo o país, incluindo o sul da Nigéria.

Libertado sob fiança, o Dr. Mailafia afirmou que as autoridades nigerianas eram incapazes e não queriam proteger as comunidades agrícolas principalmente cristãs no sul de Kaduna e que as forças de segurança estavam conspirando em ataques a aldeias e fazendas. Ele acrescentou que as pessoas que culpam a “violência entre fazendeiros e pastores” pelos assassinatos são “cúmplices do genocídio”.

O pai do ex-banqueiro era um pastor missionário cristão e tem tias, tios e primos muçulmanos. Ele passou a expor que “terroristas arrependidos” o informaram que um governador em exercício de um estado do norte é o “comandante do Boko Haram na Nigéria”.

“Boko Haram e os bandidos são um e o mesmo”, disse o Dr. Mailafia, explicando que eles têm uma rede sofisticada e, durante o bloqueio, aviões continuaram a se mover livremente, transportando munições e dinheiro para diferentes partes do país.

© Amigo De Cristo – Site cristão de notícias cristãs do Brasil e Mundo.