Boko Haram já matou mais cristãos do que o Estado Islâmico

Boko Haram matou mais cristãos do que o Estado Islâmico
Uma vila após um ataque na Nigéria contra cristãos. (Foto: Voice of the Martyrs)

Os cristãos na Nigéria devem estar em alerta constante em caso de ataque, especialmente do Boko Haram. Na verdade, novos dados mostram que o Boko Haram matou mais cristãos na Nigéria e nos países vizinhos do que o Estado Islâmico no Iraque e na Síria juntos.

Todd Nettleton, do jornal The Voice of the Martyrs USA, descreve uma viagem a uma igreja nigeriana que já foi atacada pelo Boko Haram. “Nessa igreja, havia jovens uniformizados que ficavam do lado de fora para ficar de olho nas coisas do lado de fora, enquanto estávamos realizando o culto.

Sem imaginar que seria para prever um ataque do Boko Haram, Eu perguntei: “Quem são esses caras?, e disseram-me: Bem, são as pessoas da igreja que estão aqui apenas para garantir que não haja um ataque enquanto estamos no culto desta manhã”.

Isso pode parecer surpreendente, mas Nettleton diz que é porque a violência no Oriente Médio tende a obter mais cobertura da mídia. “Este é um relatório feito por grupos que estão olhando especificamente para a Nigéria, eles estão tentando chamar a atenção do mundo.

E os números são realmente impressionantes. Eles citam 27.000 pessoas mortas pelo Boko Haram nos últimos 10 anos e 19.000 pessoas mortas por radicais islâmicos da tribo Fulani nos últimos 20 anos. Estamos falando de mais de 40.000 pessoas que perderam suas vidas na Nigéria.”

Ore pelos Cristãos na Nigéria

Com este tipo de violência acontecendo na Nigéria, os cristãos nigerianos se sentem isolados e frustrados porque ninguém, incluindo seu próprio governo, é capaz de ajudá-los.

Nettleton diz: “Acho que uma das coisas que podemos orar por eles é que não cedam a esse sentimento de frustração, mas continuem encorajados, ministrando o Evangelho, continuem estendendo a mão apesar da frustração e apesar da sensação de ‘Ei, estamos sozinhos aqui’ ”.

Deus está com Seu povo na Nigéria e eles continuam a se reunir, proclamando o Cristo ressuscitado e Seu reino. Ore para que ele os encoraje e que o governo faça um esforço para protegê-los de ataques.