Polícia interrompe culto online da Assembleia de Deus, em Curitiba

Polícia interrompe culto online da Assembleia de Deus, em Curitiba
Polícia interrompe culto online da Assembleia de Deus, em Curitiba

A Igreja Assembleia de Deus Ministério de Madureira em Curitiba (PR), teve seu culto online interrompido neste domingo (12), por uma guarnição da Polícia Militar, segundo informou o pastor Davi Secundo de Souza.

Na ação que foi mobilizada por policiais da guarda municipal de Curitiba e da Superintendência de Trânsito (Setran), contou com apoio de nove viaturas. A polícia invadiu o templo da igreja após uma denúncia anônima de aglomeração.

Nas redes sociais, o pastor Davi lamentou a forma que os policiais conduziram toda a ação, que apesar de nenhuma irregularidade os agentes ameaçaram multar os carros estacionados em frente ao templo.

Segundo o pastor, quando polícia chegou na igreja eles estavam transmitindo um culto online com a presença de integrantes do grupo de louvor. Mas, respeitando as normas do Ministério da Saúde para o funcionamento de igrejas.

“Como se vê, estamos realizando o culto online, respeitando as diretrizes do decreto municipal e estadual, mas infelizmente é esse o momento em que estamos vivendo”, lamentou o pastor em vídeo postado no Facebook.

“Não sei até onde vai isso, mas tenho certeza que Deus dará uma resposta de paz à nossa sociedade e à Igreja”, disse o pastor, segundo o portal Guia-me.

Diante da situação, o pastor da Assembleia de Deus pediu orações pelas autoridades, pelo presidente Jair Bolsonaro, pelo governador do Paraná, Ratinho Júnior e pelo prefeito de Curitiba, Rafael Greca.

Confira o vídeo: