Pastor é preso após realizar um culto ao ar livre no Chile

Neste domingo (12), um pastor evangélico foi preso após realizar um serviço religioso de culto ao ar livre com a presença de 50 pessoas em Arica no Chile, em meio à pandemia de coronavírus.

Pastor é preso após realizar um culto ao ar livre no Chile
O culto ao ar livre foi realizado na rua Barros Arana, na cidade de Arica, no Chile

De acordo com a polícia chilena, a prisão foi feita depois das 11h30, depois que membros da Terceira Delegacia de Arica receberam denúncias dos moradores da rua, onde o culto estava sendo realizado.

Ao chegar ao local, a polícia se deparou com um templo chamado “Ministério Apostólico sob Céu Aberto”, onde o pastor que organizava a atividade foi descoberto junto com dezenas de pessoas de diferentes idades, que estavam adorando ao ar livre.

Nesse sentido, o promotor de plantão ordenou o registro dos assistentes, inclusive menores de idade, e, além disso, o pastor foi preso por violar o artigo nº 318 e a resolução sanitária nº 349 do Ministério da Saúde do Chile.

Por enquanto, foi iniciado um resumo sanitário, o local foi fechado e aguarda o pastor evangélico de cidadania venezuelana passar ao controle de detenção.

Segundo o portal Canal 13, do Chile, a situação do coronavírus em Arica é preocupante e o aumento de casos de contágio levou a autoridade de saúde a ordenar uma quarentena na rádio urbana a partir desta terça-feira.