Médico recuperado da Covid-19 agradece a Deus de joelhos em hospital

Após receber alta do hospital, o neurologista Moisés Lara se ajoelhou para agradecer a Deus.

Siga o Amigo de Cristo no - Google Notícias
Médico recuperado da Covid-19 se ajoelha para agradecer a Deus em hospital
Após receber alta do hospital, o neurologista Moisés Lara se ajoelhou para agradecer a Deus. (Foto: Divulgação / Santa Casa de Piracicaba)

Emocionado, o neurologista Moises Oliveira Lara agradeceu a Deus de joelhos enfrente ao hospital, após se recuperar da Covid-19, em Piracicaba (SP). Profissional da Santa Casa da cidade, onde foi tratado, ele relatou que a doença evoluiu de uma dor de cabeça a falta de ar intensa e atribuiu à fé sua força para vencer o vírus.

Numa sexta-feira, ele acordou com a dor de cabeça e os sintomas foram progredindo ao longo do dia. “Percebi que algo estava errado quando fui comer uma fruta e não senti o gosto, o cheiro também havia mudado. Paralelo a isso a dor de cabeça ficava insuportável, dor terrível também em todas as partes do corpo, meu fôlego foi ficando curto, minha respiração mudou”, contou ele, ao G1.

Quatro dias após iniciar isolamento social, ele diz que se sentia como um “trapo” e decidiu pedir ajuda, sendo internado.

A tensão e o nervosismo de Moisés foram intensos por já conhecer os passos técnicos. Ele sabia de tudo que estava acontecendo com o seu corpo, o que lhe deixou apavorado.

“Estava com muito medo de não conseguir resistir, já me enxergava indo para a tomografia, para respiração artificial […] Foram momentos terríveis, por que a parte de conhecimento científico me tornou muito mais frágil”, ressaltou, observando que sua fé lhe deu forças naquele momento.

Fim da dor ao respirar

Moisés recebeu alta na última segunda-feira (6) à noite para terminar o tratamento em casa, em isolamento. Na manhã desta quarta-feira (8), ele informou que não sentia mais dor ao respirar e que sua melhora evolui diariamente.

“Vou procurar honrar toda essa bênção, toda essa graça, com muito mais energia, atenção, carinho e com muito mais amor à vida, à Santa Casa, aos pacientes, aos amigos. Tudo, a partir deste episódio ganhou uma nova dimensão em minha vida”, revela.