Maioria dos missionários não têm dinheiro para necessidades básicas

Organização revela que 99% dos missionários não têm dinheiro para para cobrir o essencial.

Maioria dos missionários não têm dinheiro para necessidades básicas
Uma reunião de missionários da Redcliffe College

A organização missionária ONG Stewardship, revelou que 99% dos missionários cristãos em campo vivem abaixo do custo de vida. Segundo a ONG, muitos têm dificuldades para cobrir até o essencial.

A organização que apoia mais de 250.000 pessoas em projetos de missões aponta que a maioria dos missionários em tempo integral no ministério cristão renuncia a necessidades básicas e deixa de atender às demandas financeiras ao longo do ano.

O diretor da instituição, Daniel Jones disse que há uma ampla gama de razões pelas quais os trabalhadores podem se esforçar para sobreviver.

“Muitas vezes isso ocorre com despesas acessórias. Muitas vezes, isso acontece apenas com o suficiente, dependendo, às vezes, de algum apoio direto de familiares ou amigos próximos”, explica.

Mas é quando algumas dessas despesas maiores ocorrem que os problemas ocorrem – o carro quebra, não há nada no pote de poupança para cobrir um aumento de aluguel, entre outras necessidades.

“Para as pessoas que trabalham no exterior com frequência, pode haver casos de doenças em que não há o seguro de saúde em que possam recorrer e, portanto, ter que pagar por custos médicos adicionais”, complementa.

A organização lançou uma nova campanha para fornecer aos voluntários apoio adicional durante o período de Natal. Jones diz que as necessidades essenciais de cada trabalhador podem variar dependendo de vários fatores.

“Veremos em que parte do mundo eles estão trabalhando, a natureza do trabalho que estão fazendo, as despesas específicas que podem estar envolvidas, se muitas viagens podem ser necessárias, o número de filhos em que estão trabalhando. precisa apoiar e apresentar um cálculo muito específico para cada obreiro cristão”. Esclarece.

Pode haver estigma ao pedir apoio financeiro no campo missionário, diz Jones, pois alguns o vinculam à falta de fé na provisão de Deus.

Ele argumenta que, embora a confiança em Deus seja sempre essencial, isso não significa que não é preciso procurar ajuda.

“Vejo evidências na Bíblia de épocas em que o povo de Deus foi mostrado e incentivado pelo Senhor a arrecadar fundos e ir a outros dentro da comunidade de crentes para dizer: ‘Olha, eu estou fazendo este trabalho evangélico específico, por favor, você pode me apoiar?’ “, explica.

A organização lançou uma campanha na tentativa de dar a cada missionário, ou Trabalhador Cristão em tempo integral da Administração, apoio adicional de 100 Euros durante o período de Natal.

A campanha levantou 41.805 libras, 17% de sua meta de 250.000 libras para apoiar essas famílias. Se puder, não deixe de apoiar um missionário, procure o departamento de missões em sua igreja, e contribua com esta causa.