Igreja de 1.300 anos é descoberta em Israel

A igreja milenar, foi descoberta na cidade de Kfar Kama

Igreja de 1.300 anos é descoberta em Israel perto do local da transfiguração de Jesus
Mosaico em igreja de 1.300 anos descoberto em Israel. Foto – Divulgação

Em Israel uma igreja de 1.300 anos, foi descoberta por arqueólogos a uma curta distância do local da transfiguração de Jesus. As ruínas da igreja foi descoberta na cidade Kfar Kama localizada na baixa Galiléia.

A igreja, com cerca de 118 pés por 39 pés, inclui “pisos de mosaico ornamentado” e foi recentemente encontrada em uma escavação na vila israelense de Kfar Kama, a cerca de duas horas de carro ao norte de Jerusalém. Um teólogo do século III, disse ser o local da Transfiguração de Jesus.

A descoberta arqueológica foi anunciada em um comunicado de imprensa pelo Ministério de Relações Exteriores de Israel. O arcebispo católico Youssef Matta, de Israel, visitou o local.

“A nova descoberta sugere a aparente importância da vila cristã estabelecida no período bizantino perto do Monte Tabor, um local de importância religiosa primária para o cristianismo, identificado como o local da Transfiguração”, disse o comunicado à imprensa.

A escavação ocorreu antes da construção de um playground. Foi dirigido pelo arqueólogo Nurit Feig, em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel, em colaboração com Moti Aviam, da Kinneret Academic College, de acordo com o comunicado de imprensa.

A igreja inclui um grande pátio, um hall de entrada com narthex e um salão central, disse Feig.

“Particular nesta igreja é a existência de três absides [nichos de oração], enquanto a maioria das igrejas era caracterizada por uma única abside”, disse Feig. “A nave e os corredores foram pavimentados com mosaicos que sobreviveram parcialmente. Sua decoração colorida se destaca, incorporando padrões geométricos e padrões florais azuis, pretos e vermelhos. ”

Uma “descoberta arqueológica especial”, disse Feig, era “uma caixa de pedra usada para preservar relíquias sagradas”.

Salas adicionais foram parcialmente descobertas perto da igreja, e uma inspeção por radar mostrou que existem salas adicionais ainda a serem escavadas.

No início dos anos 60, uma “igreja menor com duas capelas foi escavada” dentro de Kfar Kama e datada da primeira metade do século VI. Aviam disse: “Esta provavelmente era a igreja da vila, enquanto a igreja agora descoberta provavelmente fazia parte de um mosteiro contemporâneo nos arredores da vila”.

Conforme relatado em Mateus 17, a transfiguração de Jesus ocorreu “no alto de uma montanha”, enquanto Pedro, Tiago e João observavam. O rosto de Jesus “brilhou como o sol, e suas roupas ficaram brancas como a luz”. Moisés e Elias também foram vistos.