Pastor de igreja destruída em incêndio diz que os cultos não pode parar

O domingo passado foi o primeiro de volta à igreja, não vamos parar os cultos e nem perder outro domingo, disse o pastor.

Pastor de igreja destruída em incêndio diz que os cultos não pode parar
Igreja Assembleia de Deus em Clinton, destruída por incêndio (Foto: Reprodução / AG News)

O pastor Nick Blacklidge nunca imaginou que veria sua igreja sendo destruída por um incêndio e os mesmos sentimentos foram compartilhados pelos membros de sua congregação.

“Acho que eles ficaram muito impressionados e muitas lágrimas foram derramadas”, disse o Pr, Blacklidge, ao saber que sua igreja Assembleia de Deus de Clinton, Illinois, estava pegando fogo e correndo o risco de ser completamente destruída.

“Então você segue em frente quando percebe que não há como salvá-lo. Você segue em frente na esperança. Disse, Blacklidge ao ver sua igreja em chamas.

O Departamento de Bombeiros de Clinton foi chamado à igreja em 801 S. Mulberry às 8:19 da manhã de terça-feira e permaneceu em cena até às 15:47.

Blake West, engenheiro do corpo de bombeiros, disse quarta-feira que a causa do incêndio permanece indeterminada, mas acrescentou que não há nada que indique que foi intencional.

Pastor Nick Blacklidge da Assembleia de Deus de Clinton
Pastor Nick Blacklidge da Assembleia de Deus de Clinton durante um culto na igreja destruída

Os oficiais da igreja se reuniram na quarta-feira e decidiram realizar um culto no domingo às 10h30 no jardim da frente da propriedade, sob uma tenda e com 200 cadeiras fornecidas para sentar.

Segundo Blacklidge, nenhum plano é definitivo para além do domingo, mas eles pretendem manter futuros cultos dentro de casa em breve, provavelmente usando outra instalação.

Os membros da junta da igreja planejam se reunir no sábado para discutir como começar a reparar e reconstruir as estruturas danificadas. O pastor disse que as estimativas de seguro estão sendo coletadas para calcular a quantidade total de danos sofridos pelo incêndio e o próximo passo será entrar em contato com os contratados.

“Estamos ansiosos para ver esse caos se transformar em algo bonito e eu sei que teremos algo ótimo quando terminarmos”, disse Blacklidge.

O dano poderia ter sido muito pior.

A decisão tática dos bombeiros de usar uma carregadeira frontal para abrir um corredor enquanto lutava contra o incêndio pode ter salvado parte da instalação, disseram autoridades.

Os primeiros a chegar tentaram atacar o incêndio no interior, mas enfrentaram alto calor e zero visibilidade, forçando-as a se retirarem, de acordo com uma declaração conjunta do chefe dos bombeiros Jeff Hoke, do chefe assistente Stephen Page e do comissário de segurança pública de Clinton Dan Ballenger.

“O fogo se expeliu pelo telhado logo depois. Três caminhões de escada foram usados ​​para fluxos mestre elevados para combater o incêndio, juntamente com várias linhas de mão ao redor da estrutura em uma operação defensiva”, disseram as autoridades.

Equipes de bombeiros conseguiram conter o incêndio na parte do santuário da igreja, e o carregador da cidade de Clinton foi trazido para abrir o corredor que ligava a igreja à academia e à área da cozinha.

O domingo passado foi o primeiro de volta à igreja, não vamos parar os cultos e nem perder outro domingo, disse o pastor.

Atualmente, as estimativas de seguro estão sendo coletadas e uma reunião para começar a discutir um programa de construção ser planejado.

Otimista e confiante em Deus, Blacklidge disse: “Nós vamos sair dessa mais fortes, melhores .Estou tão empolgado com o que Deus fará.”