Pandemia leva dificuldades sobre igreja cubana

Os pastores sofrem pressão dos funcionários do governo cubano, sendo eles "acusados" de vários crimes.

Pandemia leva pressão sobre a Igreja cubana
Evangélicos orando em uma igreja em Cuba (Foto: Reprodução)

Recentemente, Cuba enfrentou uma crise econômica. Essa crise pressionou a Igreja local, especialmente quando se tratava de crentes que já lutavam com seus próprios problemas financeiros.

Mesmo assim, muitos cristãos escaparam das frestas, lutando para encontrar lugar dentro de uma nova sociedade cubana. Então, a pandemia chegou a Cuba, trazendo consigo uma nova série de problemas.

Todd Nettleton, da Voz dos Mártires, diz que a Igreja Cubana enfrenta várias dificuldades e cita três problemas principais.

1. Tecnologia: Nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, a restrições de cultos presenciais significou uma transição para a programação online. Mas em muitas partes de Cuba, isso não é uma opção. “Pouquíssimas pessoas em Cuba têm acesso à internet”, diz Nettleton. “Os cristãos estão realmente ansiosos e desesperados por estarem juntos novamente e se encontrarem.”

2. Alimentos: Em vários países, as autoridades locais distribuem alimentos para comunidades em dificuldades econômicas. Mas em Cuba, há pouca ajuda para falar. Existe, no entanto, um excedente de roubo e violência, tornando os recursos ainda mais difíceis de obter. Ore para que os locais tenham acesso a suprimentos essenciais, especialmente alimentos.

3. Perseguição: No meio de uma pandemia, algumas autoridades locais estão usando a crise como uma desculpa para incomodar ainda mais os pastores e líderes da região. Alguns crentes relatam funcionários invadindo sua casa sob o disfarce de verificações de segurança: “Mas foi puramente assédio. Não era motivo de preocupação pelo bem-estar dos pastores.”

Este último ponto é a continuação de um padrão regular em Cuba. Segundo Nettleton, o governo vê “os cristãos minando sua autoridade, minando o governo. Até um jornalista cristão foi acusado de disseminar propaganda inimiga por postar o que está acontecendo dentro do país e o que está acontecendo com o coronavírus “.

Os pastores sofrem pressão dos funcionários do governo cubano, sendo eles “acusados” de vários crimes. A mídia cristã foi silenciada em alguns lugares, e as autoridades usam todas as chances de suprimir o Evangelho em Cuba.

Então ore. Ore para que os crentes encontrem encorajamento um no outro, na Igreja global e em Cristo. Ore para que Deus lhes dê paz e discernimento ao enfrentar essas crises. Ore para que Deus os proteja em seus esforços para tornar conhecido Seu amor.

“Ore para que em breve eles possam se encontrar novamente. Realmente existe essa necessidade de comunhão e encorajamento que surge quando o corpo de Cristo se reúne.”