Mulher é curada de câncer com auxílio da oração: “É um milagre”

É um verdadeiro testemunho de cura de câncer em fase terminal, disse ele

Naw Tu ao lado de um missionário da Free Burma Rangers. (Foto: Reprodução/Free Burma Rangers)
Naw Tu ao lado de um missionário da Free Burma Rangers. (Foto: Reprodução/Free Burma Rangers)

Há alguns anos, Naw Tu, uma mulher no município de Dwelo, Mianmar, procurou ajuda do Free Burma Rangers para uma grande massa crescendo em seu pescoço. Os testes revelaram que a massa era câncer e estava crescendo rapidamente.

“Ela fez cirurgia para remover o câncer e radiação para garantir que tudo acabara, e logo depois um tratamento extensivo para feridas”, observa Kawsay, diretor de atendimento ao paciente da Free Burma Rangers (FBR).

Mais tarde, os médicos fizeram a terrível descoberta de que o câncer se espalhou para os pulmões em três lugares.

“Ela tem sete filhos, então queríamos ajudá-la a viver mais por sua família. O médico disse que ela deveria fazer quimioterapia, mas seus rins não estavam bem o “suficiente” para a quimioterapia, por isso decidimos mandá-la de volta para casa. Ela recebeu três a seis meses de vida”, diz Kawsay.

Mas depois que os médicos desistiram, em resposta a muitas orações, o Grande Médico se moveu com poder.

Um ano se passou e Kawsay ficou chocado quando soube que Naw Tu ainda estava vivo. “Passamos perto da aldeia dela em uma missão recente e eu decidi ir visitá-lo”, relata.

Quando ele chegou, encontrou-a trabalhando em um campo – parecendo robusta e saudável! É um verdadeiro testemunho de cura de câncer em fase terminal, disse ele.

Família de Naw Tu com Kawsay
Família de Naw Tu com Kawsay

“Ela é muito forte agora e, por isso, louvamos ao Senhor e nos divertimos adorando juntos”, observa ele.

Naw Tu disse que quer contar a todos sobre a graça de Deus. “É realmente um milagre para mim estar melhor e estou me sentindo muito saudável agora. Eu estou tão feliz!” ela diz.

“Gostaria de agradecer ao Free Burma Rangers e a todos os líderes, médicos e equipes que estão me ajudaram a ficar curada”. Disse, ela.

“Gostaria também de agradecer à igreja e ao pastor Karen em Chiang Mai por orar e me incentivar. Estou me sentindo tão feliz e não consigo parar de chorar. Eu quero dar meu testemunho a todos sobre o que Deus fez por mim.