‘Deus nunca me abandonou’, diz cristã abandonada pelo marido, na Uganda

Deus nunca me abandonou, diz cristã abandonada pelo marido, na Uganda
A cristã Cecilia é profundamente grata pela ajuda que recebeu. Foto do VOM.

Em 2018, Cecilia uma jovem mãe cristã na Uganda, foi abandonada pelo marido quando ele descobriu que ela havia entregado sua vida a Jesus Cristo. Mais de dois anos depois, Cecilia e seus filhos estão indo bem.

Isso graças à ajuda que essa família recebeu, da “The Voice of the Martyrs” (VOM), uma organização internacional sem fins lucrativos cuja missão é defender os direitos humanos dos cristãos perseguidos.

A VOM disse na quinta-feira que seu filho de 17 anos completou o treinamento em fabricação de metal em uma escola profissional e que seus filhos mais novos ainda estão voltando à escola.

Seus filhos faltaram anos à escola por falta de finanças. Embora, assim como as crianças ao redor, eles estavam fora durante os bloqueios do COVID-19.

'Deus nunca me abandonou', diz cristã abandonada pelo marido, na Uganda
Cecilia e seus filhos em 2018.

Cecilia e seus filhos em 2018. Ela é profundamente grata pela ajuda que recebeu da VOM e de outras pessoas quando as notícias de sua rejeição pelo marido chegaram à imprensa.

A mãe de quatro de filhos, mesmo “abandonada” pelo marido não se arrepende em não ter desistido de sua fé cristã. “A vida está muito melhor hoje em dia, pois há muito pouco com o que lutar”, disse Cecilia à VOM.

“O sono é muito mais longo e mais pacífico do que costumava ser”. Acrescenta, ela.

‘Deus nunca me abandonou’, ela credita seu atual estado de alegria ao Senhor, a quem ela pede que nunca a abandone. Embora sua vida tenha sido difícil, Cecília acredita que sem o Senhor teria sido muito mais difícil.