Deus me colocou aqui por um propósito, diz secretária de Trump

Kayleigh McEnany, é cristã e nova secretária de imprensa da Casa Branca

Deus me colocou aqui por um propósito, diz nova secretária de Trump
Kayleigh McEnany, é cristã e nova secretária de Trump (Foto:Reprodução/CBN Nes)

Ter fé em Deus tem sido fundamental na vida de Kayleigh McEnany, desde sua educação até seu atual papel de secretária de imprensa do presidente Donald Trump, na Casa Branca.

“Acredito que Deus me aqui por um propósito e por uma razão como ele faz com toda e qualquer vida”, disse McEnany em entrevista à CBN News. “Estamos todos aqui por uma razão.”

Enquanto era educada como Batista do Sul, McEnany frequentava uma escola católica para meninas na Flórida quando criança. Quando adolescente, McEnany decidiu entregar sua vida a Deus.

Então, aos 20 anos, quando começou sua carreira profissional em Nova York, começou a lutar com a solidão.

“Eu estava passando por um momento difícil em Nova York e estava indo para uma grande igreja em Nova York. Lembro-me de me sentir muito sozinha”, ela compartilhou.

“Foi quando comecei minha jovem vida profissional e lembro de receber uma ligação. Nunca respondi a números que não conhecia, mas respondi naquele dia e disse: ‘ei, essa é a Igreja da Jornada. Sentimos que precisamos orar por você agora, como podemos orar por você? ‘”

McEnany disse que o telefonema era exatamente o que ela precisava para lembrar que Deus está sempre com ela.

“Foi nesse momento que acho que minha fé se tornou ainda mais real”, acrescentou.

Agora, como mãe, McEnany espera ser um exemplo de fé para sua filha Blake, que nasceu no final de 2019.

“Se eu der a Blake a mesma educação de fé e relacionamento com Jesus Cristo que meus pais me deram, ela será uma mulher de fé imparável no que ela decidir fazer”, afirmou.

Na qualidade de secretária de imprensa da Casa Branca, McEnany compartilhou que os principais estudos bíblicos com a campanha de Trump a mantêm devotada ao seu Salvador em meio a todo o estresse.

“Isso deu um pouco de entusiasmo em nossos passos, porque esses dias são exigentes, desafiadores, demorados na política, seja você democrata ou republicano, essa é a natureza do trabalho”, disse ela.

No nível pessoal, a secretária de imprensa lembrou como se sentia atacada como cristã conservadora quando estudava na Harvard Law School. Ela observou que esse sentimento de estar sob escrutínio de suas crenças é o que a convenceu de que o Presidente Trump seria um porta-voz importante para a comunidade cristã.

“Percebi que era esse megafone e esse tipo de ousadia que precisávamos e esse tipo de lutador que precisávamos para representar a comunidade cristã”, afirmou.

McEnany encerrou a entrevista afirmando que seu objetivo final é glorificar a Deus em tudo o que ela faz.

“Minha missão na vida é que, quando eu passar, Ele me olhará e dirá: ‘bom servo bom e fiel'”, disse ela. “Se eu posso terminar minha vida dessa maneira, não importa o que as pessoas digam no caminho para lá”. Conclui, Kayleigh McEnany.