Pacientes centenários que venceram a Covid-19 com o apoio da Fé

Conheça um número surpreendente de centenários que venceram a Covid-19

Pacientes centenários que venceram a Covid-19 com o apoio da Fé
A centenária Rose Leigh-Manuel de Long Island, Nova York venceu a covid-19 com o apoio da fé (Foto: ABCnews)

A pandemia global trouxe medo e incerteza a tantas vidas, mas também gerou esperança, quando os pacientes centenários que venceram o COVID-19, contam seus testemunhos de fé.

Conheça um número surpreendente de centenários que superaram a Covid-19, e desafiou as probabilidades se tornando inspiração para os mais jovens. Veja alguns pacientes centenários que venceram a Covid-19.

Uma mulher de 113 anos, que se acredita ser a pessoa viva mais velha da Espanha, se recuperou do vírus.

Maria Branyas testou positivo para o COVID-19 em abril e depois se isolou enquanto se recuperava em um lar de idosos em Olot, na Espanha, segundo o The Daily Mail.

Pacientes centenários que venceram a Covid-19 com o apoio da Fé
Maria Branyas da Espanha, superou o coronavírus aos 113 anos

“Em termos de saúde, estou bem, com os mesmos pequenos aborrecimentos que qualquer pessoa pode ter”, disse Branyas.

México

Phil Corio, do Novo México, sobreviveu ao vírus e descreveu seus sintomas “como os mesmos” de ter gripe. Albuquerque, de 108 anos, ficou doente em março, mas não sabia que sua condição era COVID-19. “Eu nem sabia que tinha … acho que, se soubesse, poderia estar com medo”, disse Corio.

Reino Unido

Connie Titchen, da Grã-Bretanha, é outro centenário que superou o vírus. Ela passou três semanas no hospital com um caso suspeito de pneumonia.

A britânica Connie Titchen, também é outro testemunho de superação e fé ao vencer a covid-19
A britânica Connie Titchen, também é outro testemunho de superação e fé ao vencer a covid-19

A britânica centenária de 106 anos foi internado em um hospital em meados de março e foi diagnosticado com o vírus pouco tempo depois. Ela se recuperou e conseguiu voltar para casa em abril.

“Sinto muita sorte de ter combatido esse vírus”, disse Titchen.

Estados Unidos

Rose Leigh-Manuel, de Long Island, Nova York, lutou contra o COVID-19 por duas semanas, enquanto sofria de fraqueza, febre e calafrios. Mas, Leigh-Manuel acredita que uma atitude saudável e ter uma forte fé em Deus permitiu que ela se recuperasse tão rapidamente.

“É uma combinação de viver bem, ter uma boa atitude e ter sempre em mente que isso também deve passar”, disse ela. “Deus é muito bom para mim.” Disse, Leigh.

© Amigo De Cristo – Site de notícias cristãs do Brasil e Mundo.