Notícias Internacional "Amor sem ação é morto", pastor doa toneladas de alimentos, na Uganda

“Amor sem ação é morto”, pastor doa toneladas de alimentos, na Uganda

“Amar as pessoas não acontece apenas quando elas vão à igreja, temos que amá-las mesmo nessa condição”, disse David Kiganda.

O amor sem ação é morto diz pastor ao distribuir alimentos, na Uganda
Os Ministérios David Kiganda doam alimentos nas favelas de Kampala como uma solução para resolver a crise alimentar causada pelo bloqueio do COVID-19. FOTO CORTESIA.

O pastor David Kiganda, fundador e presidente do Christianity Focus Center, juntou-se à luta contra o Covid-19 na Uganda, doando toneladas de alimentos com programa abrangente de atividades que inclui assistência às famílias carentes afetadas pelo bloqueio.

Em 21 de maio de 2020, o CEO da Kingdom Media lançou um projeto chamado ‘Together We Can’, pedindo que uma das melhores maneiras de a Igreja expressar o amor de Deus durante esse período seja “através de ações” e não apenas a oração.

“Together We Can, (Juntos Nós Podemos, em tradução livre do inglês) é um projeto que cuida das pessoas carentes, especialmente nesta temporada, onde estamos lutando contra o Covid-19. A Bíblia diz em Provérbios 19:17: ‘Quem é bondoso com os pobres empresta ao Senhor, e Ele os recompensará pelo que fizeram’ ”, observou o pastor Cindy Kiganda.

O mundo está fechado. Existem muitas famílias e pessoas que vivem de boca em boca, mas, devido a essa situação, elas não conseguem voltar ao trabalho. Isso significa que eles não são capazes de alimentar suas famílias: eles estão lutando para colocar uma refeição na mesa ”, continuou ela.

“Com a inspiração do Espírito Santo, o bispo David Livingstone Kiganda foi levado a iniciar o projeto ‘Together We Can’. Queremos agradecer a todos os nossos parceiros que estão no Ministério David Kiganda ”, disse o pastor Cindy Kiganda.

O pastor Kiganda, sinalizou o projeto com distribuição de itens de socorro no coração de Kisenyi, uma favela central de Kampala, conhecida carinhosamente por abrigar famílias em situação de pobreza, crianças de rua e órfãos.

A cestas fornecidas incluem alimentos e itens de higiene pessoal como; açúcar, sabão, pão, farinha de trigo, arroz, entre outros.

“Não podíamos ouvir de perto e dizer: ‘deixe o governo fazer’, mas a Igreja tem tudo a ver com amor. O cristianismo tem tudo a ver com amor ”, disse o pastor Cindy Kiganda, citando João 3:16.

Bispo Kiganda: Este projeto nasceu em meio a um bloqueio enquanto estávamos em oração. FOTO CORTESIA.
O pastor Kiganda diz: Este projeto nasceu em meio a um bloqueio enquanto estávamos em oração. FOTO CORTESIA.

“Amar as pessoas não acontece apenas quando elas vão à igreja, temos que amá-las mesmo nessa condição”, acrescentou, o pastor.

Mesmo que haja sinais emergentes de otimismo no combate ao COVID-19, as demandas desta temporada para pastores e líderes de igrejas provavelmente não diminuirão no futuro próximo.

Isso ocorre porque o chefe de Estado, HE Yoweri Museveni, na segunda-feira estendeu várias restrições importantes de bloqueio por mais 21 dias.

© Amigo De Cristo – Site de notícias cristãs do Brasil e Mundo.

Últimas notícias

Guerras e perseguições: “A fé de uma cristã na Síria”

As guerras e perseguições cercam a vida de milhares de cristãos na Síria, assim como a de Sozan, uma cristã de 22 anos. A...

A perseguição força os cristãos do Laos a praticar a fé em segredo

Os cristãos no Laos continuam a enfrentar várias formas de perseguição e discriminação, o que força muitos deles a praticar sua fé emsegredo na...

Cuba liberta Jornalista preso por reportagem sobre julgamento de pastor

Um jornalista e advogado cubano foi libertado da prisão em Guantánamo, Cuba, depois de ficar quase um ano preso por seu trabalho de reportagem...

Bieber lança música cristã ‘Holy’ sobre fé e acreditar em Deus

O astro pop Justin Bieber lançou uma nova música cristã inspirada no evangelho intitulada 'Holy', que se baseia em temas de fé e esperança....
© Copyright Amigo De Cristo. Todos os direitos reservados.