Italiana de 102 anos se recupera ‘completamente’ de coronavírus

Italiana de 102 anos se recupera ‘completamente’ de coronavírus
Italica Grondona aos 102 anos foi curada do coronavírus na Itália (Foto: CNN)

Uma italiana de 102 anos está curada de coronavírus. Ela recebeu o apelido de ‘Highlander, a imortal’ da equipe médica italiana, que cuidou dela durante sua internação por insuficiência cardíaca e testar positivo para a Covid-10.

“Nós a apelidamos de ‘Highlander’ – a imortal”, disse a médica Vera Sicbaldi, que tratou Italica Grondona no hospital San Martino, em Gênova.

Segundo à reportagem, a idade média das pessoas que testaram positivo para coronavírus e posteriormente morreram na Itália é de 78 anos, de acordo com o Instituto Nacional de Saúde do país.

A italiana Grondona, foi hospitalizada no início de março por “insuficiência cardíaca leve”, disse Sicbaldi à CNN.

“Ela tinha apenas alguns sintomas leves de coronavírus, então a testamos e ela foi positiva, mas fizemos muito pouco, ela se recuperou sozinha”, acrescentou Sicbaldi.

Os médicos dizem que o caso dela os impressionou tanto que eles decidiram estudá-lo mais profundamente.

“Temos amostras sorológicas, ela é a primeira paciente que sabemos que pode ter passado pela ‘gripe espanhola’ desde que nasceu em 1917”, explicou Sicbaldi, referindo-se à pandemia de gripe de 1918/1919 que matou pelo menos 50 milhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com os Centros de controle e prevenção de doenças.

Grondona deixou o hospital em 26 de março e agora está em um lar de idosos. “Não sei qual é o segredo dela, mas sei que ela é uma mulher livre e independente”, disse à CNN o sobrinho Renato Villa Grondona.

“Ela sofreu muito, mas ama a vida”, declarou Renato.