Cristãos pedem libertação de diácono preso na Coreia do Norte

O diácono cristão Zhang Wen Shi, foi sequestrado na China em 2014 e condenado a 15 anos de prisão na Coreia do Norte por sua fé.

Cristãos pedem libertação de diácono preso na Coreia do Norte
Cristãos pedem libertação de diácono preso em 2014 na Coreia do Norte

A organização de apoio aos cristãos perseguidos “Voz dos Mártires”, lançou uma campanha que pedem a libertação de um diácono preso na Coreia do Norte, em 2014 por compartilhar o Evangelho.

O cristão coreano-chinês Zhang Wen Shi, foi sequestrado na China em 2014 e condenado a 15 anos de prisão na Coreia do Norte por sua fé. Zhang, também é conhecido pela igreja local como Diácono Jang Jang Moon Seok,

Junto com o pastor Han Chung-Ryeol, Jang ministrou aos norte-coreanos que cruzaram a fronteira para a cidade chinesa de Changbai para vender mercadorias. Ele hospedava famílias em suas visitas, dando-lhes comida e suprimentos e contando-lhes sobre Jesus.

Jang agora está cumpri uma sentença de prisão por difamar o regime. No entanto, ele foi acusado de incitar a subversão do poder do Estado. Mas, segundo a International Christian Concern, ele fornecia ajuda e o Evangelho aos norte-coreanos.

O grupo de perseguição cristã A Voz dos Mártires na Coreia do Norte, lançou uma campanha global de cartas pedindo sua libertação. Uma declaração no site da organização diz:

“Pedimos que você escreva ao embaixador norte-coreano nas Nações Unidas em seu nome (do diácono Jang) e peça respeitosamente sua libertação, usando seu nome chinês. Nossos funcionários de campo na região aconselham que você mantém a carta resumida e limita a solicitação ao seguinte: Solicitamos a devolução de Zhang Wen Shi à China. ”

A Coreia do Norte, é o país de número 1° na “Lista de Perseguição” da Portas Abertas, dos países que mais perseguem os cristãos. Toda a literatura cristã, incluindo a Bíblia, é ilegal lá e quando descobertos praticando a fé cristã, são enviados para prisões ou mortos.