Senhor me mostrou o fim do coronavírus, afirma pastor

Pastor profetiza o fim do coronavírus: "Não será a pandemia que as pessoas têm medo.

Senhor me mostrou o fim do coronavírus, afirma pastor
Pastor Shawn Bolz e Bill Johnson, profetizam na África do Sul (Foto: Ministérios Bolz)

O pastor norte-americano Shawn Bolz, afirmou durante um evento cristão na África do Sul, que ouviu de Deus claramente sobre o fim do coronavírus, e que não será a pandemia como anunciado pelas mídias.

Durante o evento, Bolz profetizou a várias pessoas, falando ao lado do pastor da Bethel Bill Johnson e Sean Feucht , líder de adoração da Bethel Music. Ele profetizou sobre o vírus, que adoeceu 91.000 pessoas em todo o mundo e causou mais de 3.000 mortes, declarando “a maré está virando agora!”

Eles começaram a cantar a nova música do Bethel Music, “God of Revival”, quando ele disse que ouviu Deus claramente sobre o fim do coronavírus. “Vamos ver o fim”, disse Bolz à Fox News. “Não será a pandemia que as pessoas têm medo.

O pastor leu o Salmo 56: 9, que diz: “No exato momento em que clamo por ajuda de um pai, a maré da batalha muda e meus inimigos fogem. Uma coisa que eu sei: Deus está do meu lado.

“Eu senti que a maré está mudando em breve, sejam duas semanas ou dois meses, Deus se preocupa com isso”, explicou Bolz. Ele está respondendo à oração e vi 2 vacinas chegando. Acho que uma virá de Israel e outra de uma nação asiática.

Nessa terça-feira (3), começou “Dia de Oração Global” contra o coronavírus, idealizado por Cindy Jacobs, juntamente com um chamado à oração ao meio-dia com Paula White-Cain, a pastora pessoal do presidente Trump, que assessora a Iniciativa de Fé e Oportunidade da Casa Branca.

Bolz, disse que mais tarde ouviu de um pastor da China que Wuhan, a província onde o vírus se originou, é um lugar onde muitos missionários cristãos oram pelo avivamento nos últimos 100 anos.

Segundo informações da Organização Mundial da Saúde (OMS), relata que os casos na China parecem estar diminuindo à medida que o vírus se espalha globalmente.