Pastor desabafa após igreja ser vandalizada: “Não há mais limites”

Fiquei realmente magoado ao pensar que alguém faria isso com a nossa igreja, disse um membro

Igreja Batista Missionária vandalizada em Fuller Springs em Lufkin (Foto: Reprodução/KLTV)
Igreja Batista Missionária, vandalizada em Fuller Springs em Lufkin (Foto: Reprodução/KLTV)

Esta semana, a Igreja Batista Missionária Fuller Springs foi vandalizada em Lufkin, no estado norte-americano de Texas, o que levou o pastor desabafar pela ousadia dos vândalos que não respeitam as coisas de Deus.

O pastor da igreja, Stephen Willis, diz: “Um dos diáconos me enviou fotos de tudo. Dizia coisas bem desagradáveis”. Mensagens vulgares foram pintadas com spray no lado da igreja.

“Fiquei realmente magoado ao pensar que alguém faria isso com a nossa igreja. É perturbador ”, diz Sharon Young, membro da igreja de longa data.

“Era uma vez, as coisas eram sagradas e havia limites que você simplesmente não ultrapassava”, disse Willis à KLTV.

Pastor Willis, diz ainda que está decepcionado e este não é o primeiro incidente na igreja. A congregação já Foi assaltada no passado.

“Eu não sei quem fez isso. Talvez as pessoas comecem a conversar ”, diz Willis. “Eu notei que havia rastros desde um veículo até o salão da irmandade. Então, era alguém que sabia melhor”.

O pastor Willis, diz que conversou com os membros congregação sobre o ocorrido, eles esperam investir em melhores procedimentos de segurança, como câmeras. Ele diz que o seguro cobrirá os danos à igreja.

“Mas, acima de tudo, acho que Deus pode usar oportunidades como essa para falar aos corações das pessoas”, explica Willis. “A pessoa que fez isso sabe que eles fizeram. Estou orando para que o Espírito Santo os convença.” Concluiu, o pastor.