Novo ataque do Boko Haram na Nigéria deixa 30 mortos

Além dos mortos, mulheres grávidas e crianças foram sequestradas

Novo ataque do Boko Haram na Nigéria deixa 30 mortos
Novo ataque do Boko Haram na Nigéria deixa 30 mortos(Foto: CNN)

Um novo ataque do grupo terrorista Boko Haram no noroeste da Nigéria, resultou na morte de pelo menos 30 pessoas, além dos mortos, mulheres grávidas e crianças foram sequestradas segundo informou o governo do estado de Borno.

A ação dos jihadistas aconteceu na localidade de Auno, em uma rodovia que leva até Maiduguri, capital do estado, conforme explicou Dogo Shettima, assessor do governador, Babagana Zulum, através do Twitter.

Os jihadistas chegaram em veículos, fortemente armados, atirando contra os automóveis, que estavam parados em um bloqueio do o Exército nigeriano, que é montado todas as noites, em cumprimento a toque de recolher, para impedir a circulação de rebeldes.

+ Cerca de 32 cristãos foram mortos em ataques na Nigéria
+ Pastor e mais 30 pessoas são mortos em ataque no Congo
+ Nigéria foi o país que mais matou cristãos em 2019

Muitos motoristas dormiam no momento da abordagem e não conseguiram fugir dos disparos. Além disso, muitos carros que estavam na pista foram incendiados. Além de matar cerca de 30 pessoas, os terroristas ainda raptaram mulheres e crianças.

O noroeste da Nigéria está há anos em um estado de violência intensa por causa das ações do Boko Haram, que desde 2009 luta para implantar um estado de cunho islâmico no país, que tem maioria muçulmana no norte, e cristã no sul.

Segundo informa as Nações Unidas, mais de 20 mil pessoas já foram mortas pelo terrorismo e o número de deslocados ultrapassa a 2 milhões.

(Com Agência EFE/ CNN)

1 COMENTÁRIO

  1. Cristãos brasileiros, oremos pelos cristãos nigerianos que estão pagando com suas próprias vidas pelo crime de serem cristãos, fiéis seguidores de Jesus Cristo! Nós, que gozamos de plena liberdade para seguir e servir a Cristo, precisamos nos colocar no lugar dos cristãos que sofrem ao ponto de perderem seus filhos, famílias, o pouco que possuem, e suas próprias vidas! O mesmo acontece com cristãos libaneses, paquistaneses, cambojanos, etc. Não sejamos indiferentes ao seu sofrimento, e lembremos que “aqueles que quiserem viver piedosamente em Cristo, serão perseguidos” (2 Tim. 3.12).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui