Músico assume ter queimado três igrejas nos EUA

Três igrejas foram queimadas em um período de 10 dias

St. Mary’s Church in Louisiana, foi a primeira igreja ser queimada pelo músico (Foto: NBC)

O aspirante a músico de ‘black metal’ assume a culpa de incêndio em pelo menos três igrejas afro-americanas em Louisiana (EUA), no final de março de 2019. Nessa segunda-feira (10) se declarou culpado por quatro acusações criminais federais.

Holden Matthews, de 22 anos, se declarou culpado de três acusações de dano intencional a propriedades religiosas, um crime federal de ódio com uma possível sentença de 20 anos por contagem, informou o Ministério Público dos EUA em um comunicado à imprensa.

Entenda o caso: Homem é preso por incendiar três Igrejas Batista nos EUA

Ele preferiu pedir uma acusação de usar fogo para cometer um crime, por ser uma pena menor, com uma possível sentença de 10 anos. Ele entrou com os argumentos no tribunal federal de Lafayette.

Matthews, tinha 21 anos na época de sua prisão no ano passado, é branco e a destruição das três igrejas negras históricas na paróquia de St. Landry evocou lembranças do terrorismo da era dos direitos civis. Mas a raça não é mencionada como um fator nas acusações.

Na acusação, os promotores disseram que os incêndios, foram definidos “por causa do caráter religioso” das propriedades. Ele foi preso depois de duas semanas do primeiro incêndio.

Três igrejas foram queimadas em um período de 10 dias, começando no final de março de 2019, em uma área a cerca de 140 milhas a oeste de Nova Orleans, na Paróquia de St. Landry. O pai de Matthews é o delegado de um xerife da paróquia.

Os investigadores disseram que Matthews, naquela época demonstrava seu interesse em “black metal”, um subgênero extremo da música heavy metal.

“Matthews admitiu ter incendiado por causa do caráter religioso desses edifícios, em um esforço para aumentar seu perfil como músico de Black Metal, copiando crimes semelhantes cometidos na Noruega nos anos 90”, disse o comunicado do procurador dos EUA.

O jovem também enfrenta acusações estaduais relacionadas aos incêndios, em outras igrejas, disse assistente do promotor. São duas acusações de incêndio criminoso simples de um edifício religioso e uma contagem de incêndio criminoso agravado de um edifício religioso.

1 COMENTÁRIO

  1. Muçulmanos, inimigos ferrenhos do Evangelho de Jesus Cristo, com o mesmo comportamento e mesmas atitudes dos tempos bíblicos, perseguindo, torturando e matando cristãos! Até quando, Senhor?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui