Mulher baleada pelo ex-namorado morre após 17 dias internada

A jovem Karina Souto Rocha veio falecer após ficar 17 internada no hospital

Mulher baleada pelo ex-namorado morre após 17 dias internada
Karina Souto Rocha veio falecer após ficar 17 internada (Foto: Arquivo pessoal)

Morre a empresária Karina Souto Rocha, 29 anos, que foi baleada pelo ex-namorado no rosto por se recusar a reatar o relacionamento. A mulher havia sido baleada no final de janeiro em Nova Xavantina, a 651 km de Cuiabá, capita do Mato Grosso.

A jovem estava internada desde o dia (01/02) de fevereiro na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto-Socorro Municipal , em Barra do Garças (MT). Sua morte foi confirmada pela unidade de saúde.

Segundo informações do UOL, o hospital confirmou o óbito, sem dar mais detalhes. O Instituto Médico Legal (IML) informou que o corpo foi liberado para cerimônias fúnebres para uma funerária de General Carneiro, cidade vizinha de Barra do Garças, na tarde de ontem.

O autor do crime é Baltazar Augusto de Menezes, 58, que baleou a mulher três vezes após negar a voltar com ele. Os tiros atingiram o rosto, o tórax e o abdômen de Karina. Baltazar se matou em seguida com um tiro na cabeça.

O pai de Karina, o pedreiro José Rocha Cardoso, sem perder as esperanças, disse em entrevista que ela apresentou uma leve reação no momento em que os aparelhos seriam desligados. Porém, o estado de Karina, entretanto, ainda era muito grave. E ela acabou não resistindo.

O crime

A jovem foi baleada na casa de uma amiga, em Nova Xavantina, cidade onde morava com sua família. Segundo o boletim de ocorrência da PM, Baltazar foi até a casa na tentativa de conversar com Karina, e durante a discussão, foi quando ele cometeu o crime.

De acordo com os familiares, Karina e Baltazar ficaram juntos por pouco mais de quatro anos. Apesar do tempo de relacionamento, o homem não assumia Karina como sua mulher e o casal brigava muito, o que teria motivado o fim da relação há cerca de um mês. Karina deixa dois filhos, um de 7 e outro de 10 anos.