Menino de 9 anos pede para morrer por causa do bullying

O garoto Quaden Bayles, de nove anos de idade, sofreu bullying na escola por ter nanismo.

Quaden Bayles, de nove anos de idade, que sofreu bullying na escola por ter nanismo. (Foto: Reprodução
Quaden Bayles, de nove anos de idade, que sofreu bullying na escola por ter nanismo. (Foto: Reprodução)

Um menino de 9 anos vítima de bullying na escola, foi inundado com mensagens de apoio depois que sua mãe compartilhou um vídeo dele pedindo para morrer, porque foi alvejado por causa de seu nanismo.

Yarraka Bayles, de Brisbane na Austrália, filmou seu filho Quaden chorando no carro depois que ela o pegou na escola na quarta-feira.

Quaden, que tem nanismo na acondroplasia, chegou a dizer que não quer mais viver. Yarrak Bayles disse que sua família está lidando com o abuso há algum tempo, mas manteve suas intensas lutas em segredo.

Em seu juízo final, ela decidiu se abrir nas mídias sociais, e houve uma grande quantidade de apoio em resposta.

O vídeo se tornou viral e Quaden e sua família receberam apoio e incentivo de estrelas do esporte australianas e pessoas de todo o mundo.

No vídeo, a mãe de Quaden, Yarrak Bayles, mostrou seu filho em lágrimas, atormentado pelo bullying sem fim que ele sofreu.

“Esses são os impactos do bullying”, disse ela emocionalmente. “Eu realmente não sei mais o que fazer.”

Páginas criadas na redes sociais para o menino, foram inundadas com mensagens de apoio com muitos presentes e amizade comprometidos.

Sua família emitiu uma declaração agradecendo a todos por seus votos de felicidades.

“A família ‘Quaden Bayles’ gostaria de dedicar esse tempo em primeiro lugar para agradecer a todos pela esmagadora demonstração de amor e apoio de tantas pessoas de todo o mundo”. Dizia a nota.

‘Devido ao grande volume de mensagens, não podemos responder a todos neste momento, pois precisamos de tempo para processar como uma família e gostaríamos de pedir que a mídia respeite os desejos da família.

– Mais uma vez obrigado a todos, Quaden está sentindo o amor e agora ele precisa de um bom descanso. Estamos nos reunindo com as pessoas apropriadas no poder para fazer mudanças e se posicionar contra o bullying.