Evangélicos podem superar católicos no Brasil até 2032

A população que se declara evangélica podem superar pela primeira vez o total de católicos no Brasil a partir de 2032, quando o número absoluto de seguidores de cada uma das duas religiões deve ficar em torno de 90 milhões, diz pesquisador.

Segundo o especialista José Eustáquio Alves, professor aposentado da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE, os últimos dados oficiais, há aproximadamente 22 milhões de evangélicos (22% do total) contra 125 milhões de adeptos do catolicismo (64%).

Ainda de acordo com o demógrafo, o número de brasileiros adeptos da religião evangélica cresce em média 0,8% ao ano desde 2010, enquanto a quantidade de católicos diminui 1,2% no mesmo período.

+ Evangélicos devem ser maioria no Brasil até 2032, diz Datafolha

Com isso, a progressão geométrica aponta para que cada uma das duas religiões correspondam a cerca de 40% da população em 2032 (veja quadro abaixo). Se a curva se mantiver, a partir daquele ano, portanto, os evangélicos podem superar os católicos e se tornar maioria no país.

“Estamos vivendo uma transição religiosa nos últimos anos”, diz Eustáquio Alves, que estende sua avaliação para todos os países da América Latina, de acordo com a revista Veja.

A alteração mais emblemática no quadro religioso do Brasil, porém, deverá ser confirmada em 2022, quando há previsão de os católicos representarem, pela primeira vez, menos de 50% da população.

Para o pesquisador, os resultados das últimas eleições gerais, que ampliaram a presença de evangélicos no Congresso, são o reflexo mais direto deste fenômeno no Brasil.

Nos Estados Unidos, onde está a maior população absoluta de evangélicos do mundo, o fenômeno é diferente, segundo Alves. “Os que se declaram sem religião são os que mais crescem lá”, diz o pesquisador.  

7 COMENTÁRIOS

  1. Aleluia! Glória a Deus! O que importa não é que grupo religioso está crescendo mais que o outro! O que importa é quantas pessoas em todo o mundo estão tendo acesso ao conhecimento do Evangelho (Boas Novas de Salvação…) e crendo em Jesus Cristo, Filho de Deus, como seu único e suficiente Salvador, pois foi Ele que, sendo o Filho de Deus, voluntariamente se entregou à morte, e morte de cruz, morte de um condenado, para, com o seu sangue imaculado e puro nos purificar dos nossos pecados e nos proporcionar a oportunidade e a certeza da salvação e da vida eterna! “Porque o sangue de jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado!” (I João 1.7). “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer, já está condenado” (Ev. de Marcos 16.16). Foi o próprio Senhor Jesus Cristo quem advertiu: “Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mateus 12.17; Marcos 1.15).

  2. “Porque o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado!” (I João 1.7). “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer, já está condenado” (Ev. de Marcos 16.16). Foi o próprio Senhor Jesus Cristo quem advertiu: “Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mateus 12.17; Marcos 1.15). “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto, é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11.6).

  3. Aleluia! Glória a Deus! O que importa não é que grupo religioso está crescendo mais que o outro! O que importa é quantas pessoas em todo o mundo estão tendo acesso ao conhecimento do Evangelho (Boas Novas de Salvação…) e crendo em Jesus Cristo, Filho de Deus, como seu único e suficiente Salvador, pois foi Ele que, sendo o Filho de Deus, voluntariamente se entregou à morte, e morte de cruz, morte de um condenado, para, com o seu sangue imaculado e puro nos purificar dos nossos pecados e nos proporcionar a oportunidade e a certeza da salvação e da vida eterna! “Porque o sangue de jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado!” (I João 1.7). “Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer, já está condenado” (Ev. de Marcos 16.16). Foi o próprio Senhor Jesus Cristo quem advertiu: “Arrependei-vos e crede no Evangelho” (Mateus 12.17; Marcos 1.15).

  4. O Crescimento dos evangélicos no brasil e no mundo não podem ser estatistificado somente em relação aos católicos pois como os evangélicos é o único segmento religioso que da liberdade aos seus seguidores de estudar,pesquisar e opinar,discordar e até propor mudanças através de convenções que são realizadas periodicamente sob o comando da presidência da igreja mais com representantes de toda membresia tem atraído adeptos de todas as religiões fechadas como Testemunhas de Jeová ,Mórmon,Islamismo,Budismo,Induísmo e até do Judaísmo pois esta metodologia democrática da ao ser humano a oportunidade de exercer a sua fé sem ter um cabresto que o obriga a aceitar o que Deus nunca exigiu ou ensinou ou seja hoje qualquer ensino apresentado em uma igreja evangélica principalmente as tradicionais (Batista,Metodista,Presbiteriana) e as pentecostais que são milhares sendo a principal a Assembléia de Deus com mais de 18 milhões de membros só no Brasil meu amigo Eutáquio fez um bom trabalho porém os dados de 22,2% de evangélicos é de 2010 quando foi feito o ultimo senso do IBGE o que na época já era contraditório, minha opinião é que o estudo precisa ser mais profundo e só analisar o catolicismo é a única religião que tem aprox. 60 % dos professam a fé católica porém não são praticantes ou seja são apenas nominais já entre os evangélicos os nominais são os declarados desviados que na estatística aparecem como os sem religião, hoje não temos um numero preciso mais se analisarmos o contexto real onde em um bairro que tem uma capela para tender dois até cinco bairros nós podemos contar uma igreja evangélica em cada esquina e algumas com dimensões gigantescas e todas lotadas nos dias de culto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui